Trazer a ciência para o cotidiano é fundamental

Fonte Ascom do MCTI 13/06/2012 às 22h
Trazer a ciência para o cotidiano do cidadão por meio da educação. Essa é uma das maiores preocupações do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), segundo o diretor do Departamento de Popularização e Difusão da Ciência e Tecnologia do ministério, Ildeu Moreira.

Um dos três espaços do Armazém 4, no Píer Mauá, é diretamente dedicado a essa missão: mostrar que ciência está no dia a dia e não precisa ser uma coisa chata da sala de aula.

Para atingir essa meta de popularização da ciência, o MCTI quer mudar esse entendimento para o de “conhecimento importante para um mundo sustentável e fundamental para a erradicação da pobreza e a preservação ambiental”, acrescenta o diretor, da Secretaria de Ciência e Tecnologia para a Inclusão Social (Secis).

O projeto no Armazém 4 é voltado a visitantes de todas as idades, mas há um claro viés para conquistar a atenção das crianças. “Elas vão mudar fundamentalmente o mundo de amanhã”, ressalta Moreira. “Precisamos construir, através da ciência, um mundo diferente, que não seja baseado na depredação, mas baseado em melhorar a vida de todos”, conclui. 


Ascom do MCTI
Fonte Ascom do MCTI 13/06/2012 ás 22h

Compartilhe

Trazer a ciência para o cotidiano é fundamental