Superação da crise leva consumo de energia elétrica a crescer 8,4% em dezembro

Fonte Agência Brasil. 25/01/2010 às 14h

O consumo de energia elétrica cresceu 8,4% em dezembro do ano passado em todo o país, em comparação com o mesmo mês de 2008. Segundo Segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o crescimento forte foi puxado especialmente pela demanda residencial e comercial, que se manteve aquecida devido às medidas de estímulo do governo para combater a crise internacional.

Assim, o consumo residencial cresceu 11,7% e o comercial, 13,4% em relação a dezembro de 2008. A demanda industrial registrou em dezembro a primeira alta do ano, com 6,6% de aumento, em função da base deprimida de comparação. No entanto, no acumulado de 2009, ainda é possível perceber os efeitos da crise. O ano teve queda de 1,1% em relação a 2008 no consumo total de energia elétrica.

Os efeitos do aumento da temperatura foram também sentidos no crescimento do consumo de energia. No Rio de Janeiro, onde o calor este ano está até 4º C mais forte que no mesmo período do ano passado, o consumo residencial cresceu 26% e o comercial, 18%. No Nordeste, o aumento do gasto de energia elétrica também foi forte, ficando em 7,7% na média dos estados – na Bahia, o crescimento chegou a 16,6%.

Nas regiões Sul e Sudeste, onde as indústrias sentiram fortemente os efeitos da crise econômica, o crescimento apareceu ainda mais marcado. No Rio Grande do Sul, devido à base de comparação baixa, o crescimento do consumo do setor industrial foi de 19%. Em toda a Região Sul, o aumento da demanda por energia foi de 9,9%.

No Sudeste, o Espírito Santo puxou o índice regional com seu consumo industrial, que cresceu 60% em relação a 2008 – dezembro havia sido o pior momento da crise para o mercado industrial capixaba. No fim, o consumo na região aumentou 9,8%
 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 25/01/2010 ás 14h

Compartilhe

Superação da crise leva consumo de energia elétrica a crescer 8,4% em dezembro