Sementes crioulas e mudas orgânicas se destacam em feira de SC

Fonte Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária 12/08/2014 às 10h
O município de Caçador, em Santa Catarina, realizou, no último fim de semana, a quarta edição da Feira da Economia Solidária. Na ocasião, os produtores presentes mostraram a importância dos assentamentos no resgate de sementes crioulas e no desenvolvimento da agricultura orgânica.

As famílias assentadas comercializaram alimentos in natura, mudas de hortaliças orgânicas e sementes. Já as cooperativas venderam alimentos industrializados por elas como feijão orgânico, leite, queijo e derivados.

A diversidade de sementes impressionou positivamente os visitantes, que desconheciam o trabalho realizado por grupos de assentados para resgatar e multiplicar as sementes crioulas, aquelas cultivadas há anos pelos próprios agricultores locais. Esse esforço visa assegurar a biodiversidade da agricultura familiar, o que vai na contramão da homogeneização recorrente no agronegócio. Os técnicos de assistência técnica e extensão rural incentivam o uso de sementes crioulas como forma de combater o uso de agrotóxicos e promover a agroecologia nos assentamentos.

Assentados do projeto Hermínio Gonçalves dos Santos e integrantes das cooperativas Coopercontestado e Coopermoc, que comercializam a produção da reforma agrária catarinense, participaram da feira promovida pela Cáritas Brasileira no parque central da cidade.


Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária
Fonte Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária 12/08/2014 ás 10h

Compartilhe

Sementes crioulas e mudas orgânicas se destacam em feira de SC