Secretário faz intercâmbio científico na Alemanha e na França

Fonte MCTI 29/08/2014 às 20h
O secretário executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Alvaro Prata, que embarca neste fim de semana para a Europa, onde participa Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA), em Hamburgo, no domingo (31) e na segunda-feira (1º).

A edição tem como tema "Indústria para o futuro". Na ocasião, acontecerão com debates ligados a política econômica, logística e infraestrutura, cadeias globais de valor, saúde, tecnologia verde e logística marítima. O evento é organizado, a cada ano em um país, pela Confederação das Indústrias Alemãs (BDI, na sigla original) e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), com apoio da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha.

"Vamos discutir inovação, sobretudo, com instituições alemãs e brasileiras. Representantes da Embrapii [Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial] estarão presentes", afirmou Prata.

Da Alemanha, o secretário executivo viaja para a França na terça (2) e na quarta-feira (3), onde conhecerá o funcionamento de quatro dos 34 institutos Carnot, rede federal criada em 2006 para estimular empresas a fazerem pesquisa e inovação com ajuda de laboratórios públicos. "Eles operam em um modelo parecido com as unidades Embrapii, mas já têm mais tempo de existência. Nós temos muito a aprender com eles."

Segundo Prata, além de buscar boas práticas na experiência francesa, a ideia é aproximar os institutos Carnot e a organização social brasileira, a fim de estabelecer alianças para realizar parcerias internacionais mais complexas e sofisticadas. "A Embrapii tem uma proximidade natural com os institutos Fraunhofer, da Alemanha, que ajudaram a inspirar o modelo nacional, mas também precisamos conhecer melhor essa outra grande rede europeia."

Em dois dias na França, o secretário visita os institutos Inria, focado em ciências da computação e matemática aplicada, na comuna de Le Chesnay; Onera Isa, centrado em engenharia aeroespacial, em Palaiseau; o 3BCAR, especializado em bioenergias, biomoléculas e biomateriais de carbono renováveis, em Paris; e o Cetim, que pesquisa mecânica, em Senlis.
MCTI
Fonte MCTI 29/08/2014 ás 20h

Compartilhe

Secretário faz intercâmbio científico na Alemanha e na França