Scheidt vai para a medal race na liderança da Copa Brasil de Vela

Fonte Local da Comunicação 20/12/2014 às 12h
Maior atleta olímpico brasileiro só precisou de um quinto e um terceiro lugares, nesta sexta-feira (19), em Niterói, para confirmar sua classificação

São Paulo - Robert Scheidt garantiu vaga na briga pelo bicampeonato da Copa Brasil de Vela, como líder da competição. O velejador fez um quinto e um terceiro lugares nas regatas desta sexta-feira (19), na Baía de Guanabara, e vai para a medal race da Laser, no sábado, com 24 pontos perdidos, 7 de vantagem sobre o vice-líder, o catarinense Bruno Fontes.

No último dia de disputas da fase classificatória, as regatas da Laser foram realizadas na praia do Flamengo, próximo ao Pão de Açúcar. "Foi um dia complicado. O vento estava bom, em torno de 8 nós, bem variado, mas largamos tarde, às 15h30. E a nossa raia era bem abrigada. Praticamente todos mantiveram suas posições", contou Scheidt, dono de cinco medalhas olímpicas (dois ouros, duas pratas e um bronze) e 14 títulos mundiais, entre Laser e Star. "Eu velejei muito bem, ganhei alguns pontos sobre o Bruninho (Fontes, vice-líder), mas o holandês (Rutger Van Schaardenburg, terceiro colocado) também diminuiu a distância dele para nós."

A Copa Brasil de Vela está sendo disputada nas cinco raias a serem utilizadas na Olimpíada do Rio de Janeiro/2016, três dentro da Baía de Guanabara e duas do lado de fora. A medal race será disputada neste sábado (20), com largada às 13 horas, na praia de São Francisco, em Niterói, para que o público possa acompanhar, de terra, a briga pelo título. "Estou com poucos pontos de vantagem sobre o Bruno e o holandês, por isso devo me concentrar em fazer a melhor regata possível. Mas também não posso ser conservador demais", apontou Scheidt, patrocinado por Banco do Brasil, Rolex e Deloitte, com os apoios de Audi, COB e CBVela.

Classificação após dez regatas e um descarte

1. Robert Scheidt (BRA) - 24 pontos perdidos (5+3+2+[29]+1+2+1+2+5+3)
2. Bruno Fontes (BRA) - 31 pp (3+1+[11]+1+3+4+3+7+2+7)
3. Rutger Van Schaardenburg (NED) - 36 pp (1+6+6+5+[12]+6+4+1+6+1)
4. Jean Baptiste Bernaz (FRA) - 52 pp ([29]+9+3+9+2+1+13+6+3+6)
5. Charlie Buckingham (USA) - 55 pp (6+7+[12]+10+6+5+7+5+1+8)
6. Elliot Hanson (GBR) - 59 pp (4+4+1+7+10+10+10+[29]+9+4)
7. Christopher Barnard (USA) - 72 pp (11+2+5+4+[14]+12+9+11+8+10)
8. Francesco Marrai (ITA) - 76 pp (8+13+7+6+8+3+11+9+11+[22])
9. Lorenzo Chiavarini (GBR) - 79 pp (7+8+8+2+[19]+13+6+10+7+18)
10. Gustavo Lima (POR) - 90 pp (9+5+10+13+9+11+12+8+13+[17])

Campanha de Robert Scheidt em 2014

Ouro na Copa Brasil - Niterói (BRA), janeiro
Prata na etapa de Miami Copa do Mundo de Vela - Miami (USA), fevereiro
9º na etapa de Palma de Mallorca da Copa do Mundo de Vela - Palma de Mallorca (ESP), abril
4º na etapa de Hyères da Copa do Mundo de Vela - Hyères (FRA), abril
Ouro na Semana Olímpica de Garda Trentino - Garda (ITA), maio
5º no Europeu de Vela - Split (CRO), junho
Ouro no Sudeste Brasileiro de Laser - Rio de Janeiro (BRA), julho
4º no Aquece Rio International Regatta - Rio de Janeiro (BRA), agosto
5º no Mundial de Vela da ISAF - Santander (ESP), setembro

Maior atleta olímpico brasileiro

Laser
Onze títulos mundiais - 1991 (juvenil), 1995, 1996, 1997, 2000, 2001, 2002*, 2004 e 2005 e 2013
*Em 2002, foram realizados, separadamente, o Mundial de Vela da Isaf e o Mundial de Laser, ambos vencidos por Robert Scheidt
Três medalhas olímpicas - ouro em Atlanta/1996 e Atenas/2004, prata em Sydney/2000

Star
Três títulos mundiais - 2007, 2011 e 2012*
*Além de Scheidt e Bruno Prada, só os italianos Agostino Straulino e Nicolo Rode venceram três mundiais velejando juntos, na história da classe
Duas medalhas olímpicas - prata em Pequim/2008 e bronze em Londres/2012

Mais informações em www.robertscheidt.com.br

Twitter: @robert_scheidt
Facebook: Robert Scheidt



Local da Comunicação
Fonte Local da Comunicação 20/12/2014 ás 12h

Compartilhe

Scheidt vai para a medal race na liderança da Copa Brasil de Vela