Sarkozy diz que negociações avançam pouco em Conferência do Clima

Fonte Agência Brasil. 18/12/2009 às 10h

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, afirmou hoje (18) que as negociações na 15ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-15) estão “tensas” e com poucos avanços. As informações são da agência portuguesa Lusa.

Após reunir-se com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, Sarkozy disse ainda que parte do atraso nas negociações tem sido provocada pela China. Ele acrescentou que toda a Europa está “unida” e que África e Estados Unidos também compartilham posições similares.

Obama chegou hoje a Copenhague (Dinamarca) após alterar sua agenda para tentar chegar a um acordo de última hora contra o aquecimento global. No início do último dia do evento, alguns delegados culpavam os Estados Unidos e a China pela falta de consenso para um acordo político.

O porta-voz do presidente norte-americano, Robert Gibbs, afirmou que o líder se reuniu com dirigentes políticos de países ricos como a Austrália, Reino Unido, França e Alemanha, e de países em desenvolvimento como a Etiópia, Bangladesh e Colômbia. China e Rússia, participantes-chave nas negociações sobre alterações climáticas, também se reuniram com Obama.
 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 18/12/2009 ás 10h

Compartilhe

Sarkozy diz que negociações avançam pouco em Conferência do Clima