Salas de Mediação da EMAP usam formato inédito

Fonte Talk Assessoria de Comunicação 29/01/2010 às 9h

Nesta sexta-feira (29/02) serão inauguradas na Escola da Magistratura do Paraná (EMAP) as novas salas dos Núcleos de Mediação e Conciliação na área Civil e de mediação penal e justiça restaurativa na área Criminal. As salas são divididas por paredes com espelhos, que possibilitam que os alunos assistam às audiências e aprendam técnicas de conciliação em processos reais.

Os Núcleos de Conciliação foram criados como atividades complementares e com o intuito de avançar na discussão e na pesquisa de novas formas de solução de conflitos. A iniciativa é inspirada em grupos de estudo de juristas de outros países e outros Estados brasileiros. Segundo o diretor da Escola, juiz Roberto Portugal Bacellar, esse formato de núcleo é inédito, pois a EMAP pretende, a partir de estudos, discussões, eventos e capacitações, preparar os alunos para, ao final, dar atendimento à população. “Fomos adaptando o que temos visto em outras Escolas e Tribunais do Brasil e do exterior, buscando sempre a excelência nos estudos para magistrados”, ressalta.

Perfil Escola da Magistratura do Estado do Paraná
Criada em 1983, a Escola é dirigida pela Associação dos Magistrados do Paraná e tem como objetivo a preparação à magistratura, formação inicial de juízes, como etapa final de concurso de ingresso, aperfeiçoamento e formação continuada para magistrados, capacitação de servidores da justiça e cursos de extensão. Para atender todo o Estado a Escola possui nove núcleos em diferentes regiões do Paraná. Mais informações no site www.emap.com.br.

Talk Assessoria de Comunicação
Fonte Talk Assessoria de Comunicação 29/01/2010 ás 9h

Compartilhe

Salas de Mediação da EMAP usam formato inédito