Russos vão às ruas protestar contra o governo Putin

Fonte Agência Brasil 12/06/2012 às 10h

Brasília – O centro de Moscou, capital russa, foi tomado hoje (12) por manifestantes que protestam pelo direito de divergir do governo do presidente da Rússia, Vladimir Putin, que inicia o segundo mandato. Organizadores do protesto e policiais estimam cercam de 20 mil participantes. Os manifestantes reclamam da censura à liberdade de expressão e da repressão policial. Nem a chuva forte que atinge a cidade dispersou os ativistas.

No país, está em vigor uma nova legislação que regula as manifestações nas cidades. Pela lei, há pagamento de multas no caso de protestos, mesmo que autorizados, mas que comecem e terminem desobedecendo o horário predefinido.

Os manifestantes levam bandeiras brancas, azuis, vermelhas e pretas, além de faixas com críticas ao governo. Os simpatizantes do Partido Comunista pedem a volta do regime ao país, enquanto os seguidores de outras ideologias ironizam o governo Putin, criticando a política econômica adotada.

Às vésperas do protesto, agentes policiais fizeram buscas nas casas de líderes políticos e alguns foram convocados a depor. A iniciativa das autoridades russas levou à união da oposição. De acordo com os organizadores da manifestação, a maioria dos manifestantes é formada por jovens.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, a Lusa

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 12/06/2012 ás 10h

Compartilhe

Russos vão às ruas protestar contra o governo Putin