Riverbed atualiza o software de aceleração de rede; nova versão integra diagnóstico de infraestrutura

Fonte Capital Informação 29/01/2010 às 11h

A Riverbed Technology (Nasdaq: RVBD), a empresa de otimização de infraestrutura tecnológica para redes, aplicações e armazenamento, anuncia atualização do seu software de aceleração de rede Cascade®. A versão 8.4 oferece uma integração aprimorada das funções de diagnóstico de redes com a otimização de WAN (redes de longa distância) da RiverbedÒ. Agora, será ainda mais fácil para as empresas avaliar, adaptar e acelerar o desempenho de suas estruturas. 

À medida que empresas aderem às novas tendências de TI tais como virtualização, consolidação de nuvem privada e cloud computing, cresce a necessidade de soluções de visibilidade mais inteligentes e de nível corporativo. O Cascade faz análises de desempenho em toda a empresa e dos dados tanto no servidor quanto nas dependências das aplicações, além de oferecer ferramentas para que os gerentes de TI localizem gargalos de aplicações em toda a infraestrutura. Os novos recursos da Cascade 8.4 permitem às empresas mensurar o desempenho e a disponibilidade da rede e determinar o impacto sentido pelos usuários finais decorrente de quedas de desempenho. 

A atualização do software traz, ainda, o Cascade Sensor-VE para a Plataforma de Serviços Riverbed (Riverbed Services Platform/RSP) virtualizada, permitindo a medição ininterrupta de desempenho tanto em ambientes otimizados quanto não-otimizados, sem a necessidade de ensaios físicos em cada filial. 

“Os primeiros usuários que adotaram a otimização de WAN tinham como principal objetivo a aceleração do fluxo — os problemas eram graves e precisavam ser resolvidos rapidamente. Por exemplo, quando um gerente de TI enfrentava desafios de latência e largura de banda que atrapalhavam o desempenho de uma aplicação-chave, ele imediatamente selecionava uma solução, mas não desenvolvia necessariamente um plano geral. Hoje, a otimização de WAN evoluiu e deixou de ser vista como uma implementação tática e passou a fazer parte de uma visão estratégica da rede,” disse Jon Oltsik, analista sênior do Grupo de Estratégias Corporativas. 

“Ao integrar o Cascade aos ambientes otimizados, a Riverbed oferece uma ferramenta que provê um nível superior de análise, visibilidade e de reporte corporativos. Isso fornece ao pessoal técnico as informações e a linguagem necessárias para se comunicar com executivos do alto escalão na hora de explicar qual a situação de suas redes e pedir mais verba para o setor de TI. O Cascade 8.4 fornece às empresas as informações sobre desempenho que elas podem efetivamente usar– não somente em nível técnico, mas em nível corporativo também”, aponta Jon Oltsik.

Monitore de Forma Pró-ativa a Experiência dos Usuários Finais

Métricas Aperfeiçoadas Sobre o Desempenho de Aplicações

As novas métricas do Cascade vão muito além de mensurar o desempenho e a disponibilidade da infraestrutura de rede. Elas permitem examinar a experiência dos usuários com as aplicações.  Usando um amplo conjunto de métricas de desempenho, o Cascade 8.4 mensura a velocidade com a qual os usuários conseguem fazer negócios. 


·         Rendimento das Aplicações – Essa métrica mostra a taxa com a qual os dados de uma aplicação cruzam a rede, sem incluir o overhead e as retransmissões.  Esse recurso ajuda a avaliar o desempenho geral da aplicação e a determinar a necessidade de otimização adicional.

·         Rendimento da Conexão dos Usuários – Mostra um indicador-chave da experiência dos usuários finais.  É uma mensuração de rendimento por conexão, habilitada somente enquanto houver transmissão de dados.

·         Duração da Conexão– É ativada durante checagens de desempenho de aplicações voltadas para transações.

 

Ao se concentrar automaticamente nos períodos de atividade de cada usuário, o Cascade mensura a verdadeira velocidade que um usuário pode obter ao realizar transações com aplicações – portanto, mede verdadeira experiência do usuário final. As métricas do usuário final são coletadas e enviadas ao Cascade Profiler™ para análise.


Análises Comportamentais

Diferentemente das alternativas reativas, o Cascade analisa continuamente as métricas de desempenho do usuário final, aprendendo o comportamento normal de redes e aplicações, e alertando de forma pró-ativa as equipes de rede e aplicações sempre que os usuários finais estiverem enfrentando desempenho lento. As análises comportamentais do Cascade 8.4 permitem que a equipe de rede solucione problemas antes mesmo que os usuários finais sofram o impacto, o que permite um uso verdadeiramente eficiente da infraestrutura de TI.

Meça o Desempenho em Ambientes Otimizados

Com o crescente número de ambientes de nuvem privada centralizados e consolidados, as empresas têm dificuldades cada vez maiores para visualizar com clareza o desempenho das aplicações em suas filiais. Com o Cascade 8.4, a Riverbed introduz o Cascade Sensor-VE, um sensor remoto virtual que roda na Plataforma de Serviços Riverbed (Riverbed Services Platform/RSP), uma unidade virtualizada do dispositivo Steelhead. O Cascade Sensor-VE aproveita as pegadas já estabelecidas do Steelhead para conseguir uma melhor mensuração de desempenho em ambientes otimizados. 

O Cascade 8.4 e Cascade Sensor-VE já estão disponíveis ao mercado brasileiro.

 

 
Capital Informação
Fonte Capital Informação 29/01/2010 ás 11h

Compartilhe

Riverbed atualiza o software de aceleração de rede; nova versão integra diagnóstico de infraestrutura