Revista católica sugere mudança cultural para combater máfia

Fonte Ansa Flash. 04/02/2010 às 15h

A revista jesuíta italiana Civiltà Cattolica defendeu hoje a promoção de "um trabalho de ´conversão´ cultural" com o objetivo de combater a proliferação dos clãs da Camorra, a máfia napolitana.

Segundo a publicação, em toda a região da Campânia, inclusive em sua capital, Nápoles, "fala-se relativamente pouco da Camorra". Trata-se, de acordo com a revista, de um fenômeno ainda "subestimado", sobre o qual existe um "condenável consenso tácito".

Como forma de reverter esse panorama, a Civiltà Cattolica chama a atenção para a necessidade de "constituir defesas articuladas contra uma realidade em contínua evolução, como a Camorra".

A revista católica pede, neste sentido, ações concretas para promover uma mudança "na atual condição napolitana", em que "cada decisão e cada mudança são tomadas levando em conta, em primeiro lugar, o interesse pessoal e do clã [mafioso]".

"Muito tempo e muito trabalho serão necessários, mas não podemos nos render, porque Nápoles não merece", diz a publicação jesuíta.

O combate ao crime organizado no Sul da Itália tem sido uma das principais bandeiras do governo do premier Silvio Berlusconi. No mês passado, em uma megaoperação contra a Camorra, as autoridades cumpriram 86 mandados de prisão cautelar.

Na mesma ocasião, foram apreendidos 210 imóveis, 160 automóveis e foi realizada a interdição de 75 empresas.

Ansa Flash.
Fonte Ansa Flash. 04/02/2010 ás 15h

Compartilhe

Revista católica sugere mudança cultural para combater máfia