Rejeitadas emendas a PEC que restringe coligações partidárias

Fonte Agência Senado 13/06/2012 às 12h

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) rejeitou, nesta quarta-feira (13), quatro emendas de plenário à proposta de emenda à Constituição (PEC 40/2011) que restringe as coligações partidárias às eleições majoritárias (presidente da República, governador e prefeito).

Essa decisão seguiu recomendação do relator da proposta, senador Valdir Raupp (PMDB-RO). Ficou mantida a proibição para a coligação entre partidos nas eleições proporcionais (deputado federal, deputado estadual e vereador). A matéria voltará a ser analisada pelo Plenário do Senado.

Por falta de quórum, o presidente da CCJ, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), antecipou o fim da reunião marcada para a votação de projetos. A comissão volta a se reunir às 14h30 para sabatinar o ministro Francisco Cândido de Melo Falcão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), indicado para exercer o cargo de corregedor do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no biênio 2012/2014.

Agência Senado
Fonte Agência Senado 13/06/2012 ás 12h

Compartilhe

Rejeitadas emendas a PEC que restringe coligações partidárias