Procuradoria da Câmara do DF recorre de decisão que manda afastar Prudente

Fonte Agência Brasil 19/01/2010 às 16h

A Procuradoria da Câmara Legislativa do Distrito Federal recorreu hoje (19) ao Tribunal de Justiça do DF contra decisão judicial que determinou o afastamento do deputado Leonardo Prudente (sem  partido) da presidência da Casa. Segundo o TJDF, o recurso só deve ser analisado amanhã (20) pelo presidente do tribunal, desembargador Nívio Gonçalves.

O juiz da 2ª Vara de Fazenda Pública do Distrito Federal, Álvaro Ciarlini, determinou ontem (18) a saída imediata de Prudente da presidência da Câmara Legislativa, atendendo a uma ação popular. Caso o parlamentar descumpra a decisão, terá de pagar multa diária de R$ 100 mil.

Prudente é acusado de ser um dos beneficiados pelo suposto esquema de pagamento de propina no Distrito Federal, que seria comandado pelo governador José Roberto Arruda (sem partido). Em um dos vídeos obtidos pela Polícia Federal na Operação Caixa de Pandora, Prudente aparece colocando dinheiro nos bolsos do terno e nas meias.

O TJDF não confirmou se Prudente já foi notificado do afastamento.


 

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/01/2010 ás 16h

Compartilhe

Procuradoria da Câmara do DF recorre de decisão que manda afastar Prudente