Prêmio ESSO de Jornalismo anuncia vencederos de 2009.

Fonte RP Consultoria em Comunicação 09/12/2009 às 18h

PRÊMIO ESSO DE JORNALISMO

Os jornalistas Fabiana Moraes e Schneider Carpeggiani, do JORNAL DO COMMERCIO, do Recife, com o trabalho OS SERTÕES, elaborado em razão da passagem dos 100 anos da morte do escritor Euclides da Cunha, conquistaram o Prêmio Esso de Jornalismo 2009. Após percorrer 4.713 quilômetros de estradas, desde a Bahia até o Ceará, os repórteres revelaram aos leitores um novo sertão, nos locais descritos por Euclides, onde convivem vaqueiros e pirateadores, beatos e travestis, cantadoras de incelências e traficantes, padres e b-boys.

Prêmio Esso de Telejornalismo

 Os jornalistas Mônica Puga, Junior Alves, Alex Oliveira, Aline Grupillo e Eliane Pinheiro, com o trabalho CONFRONTO NA LINHA VERMELHA, transmitido pelo SBT, exibiram o exato momento em que policiais e traficantes das favelas que margeiam a Linha Vermelha trocavam tiros em meio ao desespero dos motoristas pegos no fogo cruzado. Tudo ocorreu minutos antes do presidente Lula e sua comitiva trafegar pela via expressa.

 Prêmio Esso de Reportagem

 O Prêmio Esso de Reportagem coube aos jornalistas Rosa Costa, Leandro Colon e Rodrigo Rangel, autores do trabalho DOS ATOS SECRETOS, AOS SECRETOS ATOS DE JOSÉ SARNEY. Publicada no jornal O ESTADO DE S. PAULO, a série de reportagens revelou que o Senado Federal editara mais de 300 atos secretos para nomear altos funcionários, parentes e amigos de senadores, criar cargos e privilégios, além de aumentar salários. As sucessivas revelações, que sofreram censura judicial, acabaram conduzindo o ex-presidente da República e presidente do Senado, José Sarney, para o centro das denúncias.

 Prêmio Esso de Fotografia

 O Prêmio Esso de Fotografia foi atribuído ao repórter fotográfico Arnaldo Carvalho, que após percorrer nove estados do Nordeste, ilustrou com suas fotos o trabalho EXILADOS NA FOME, publicado no JORNAL DO COMMERCIO (Recife). Numa das fotos mais marcantes, ele captou o sofrimento de uma menina de pouco mais de um ano de idade que ficara cega por inanição.

 Todos os vencedores tiveram seus trabalhos escolhidos de uma lista de 38 finalistas previamente selecionados de um total de 1.212 trabalhos inscritos, sendo 520 reportagens, séries de reportagens ou artigos; 164 trabalhos fotográficos; 209 trabalhos de criação gráfica em jornal, 69 trabalhos de criação gráfica em revista e 125 primeiras páginas de jornal, além de 121 trabalhos de telejornalismo e 04 inscrições ao Prêmio de Melhor Contribuição à Imprensa.

 A Comissão de Premiação do Prêmio Esso de Jornalismo 2009, que julgou os trabalhos de mídia impressa (à exceção da fotografia), foi composta pelos jornalistas Humberto Werneck, Luiz Henrique Fruet, Percival de Souza, Roberto Muggiati e Silvio Ferraz, e esteve reunida na manhã do dia 8 de dezembro deste ano, no Rio de Janeiro.

 PREMIAÇÃO

 É a seguinte a relação completa dos vencedores do Prêmio Esso de Jornalismo 2009 - 54 anos:

 PRÊMIO ESSO DE JORNALISMO 2009

Diploma e R$ 30.000,00

Fabiana Moraes e Schneider Carpeggiani, com o trabalho OS SERTÕES, publicado no JORNAL DO COMMERCIO (Recife).

 PRÊMIO ESSO DE TELEJORNALISMO

Diploma e R$ 20.000,00

Mônica Puga, Júnior Alves, Alex Oliveira, Aline Grupillo e Eliane Pineheiro, com o trabalho "CONFRONTO NA LINHA VERMELHA", exibido o SBT.

 PRÊMIO ESSO DE REPORTAGEM

Diploma e R$ 10.000,00

Rosa Costa, Leandro Colon e Rodrigo Rangel, com o trabalho DOS ATOS SECRETOS AOS SECRETOS ATOS DE JOSÉ SARNEY, publicado no jornal O ESTADO DE S. PAULO.

 PRÊMIO ESSO DE FOTOGRAFIA

Diploma e R$ 10.000,00

Arnaldo Carvalho, com o trabalho "EXILADOS NA FOME", publicado no JORNAL DO COMMERCIO (Recife).

 PRÊMIO ESSO DE INFORMAÇÃO ECONÔMICA

Diploma e R$ 5.000,00

Vicente Nunes, Ricardo Allan, Vânia Cristino, Karla Mendes, Letícia Nobre, Luciano Pires, Luciana Navarro, Mariana Flores e Edna Simão, com o trabalho O BRASIL QUE EMERGIRÁ DA CRISE, publicado no jornal CORREIO BRAZILIENSE.

 PRÊMIO ESSO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA E ECOLÓGICA

Diploma e R$ 5.000,00

Marcelo Leite, Toni Pires, Claudio Ângelo, Marília Scalzo, Marcelo Pliger, Thea Severino, Adriana Caccese de Matos, Renata Steffen e Flávio Dieguez, com o trabalho NO CORAÇÃO DA ANTÁRTIDA, publicado no jornal FOLHA DE S. PAULO.

 PRÊMIO ESSO ESPECIAL DE PRIMEIRA PÁGINA

Diploma e R$ 5.000,00

André Hippertt, Karla Prado e Alexandre Freeland, com o trabalho A FAIXA PRETA HOJE É DE LUTO, publicado no jornal O DIA.

 PRÊMIO ESSO DE CRIAÇÃO GRÁFICA - CATEGORIA JORNAL

Diploma e R$ 5.000,00

Bruno Falcone e Yana Parente, com o trabalho OS SERTÕES, publicado no JORNAL DO COMMERCIO (Recife).

 PRÊMIO ESSO DE CRIAÇÃO GRÁFICA - CATEGORIA REVISTA

Diploma e R$ 5.000,00

Marcos Marques, Alexandre Lucas, Marco Vergotti, Eduardo Cometti, Alberto Cairo e Equipe Faz Caber, com o trabalho VOO AIR FRANCE 447, publicado na revista ÉPOCA.

 PRÊMIO ESSO ESPECIAL INTERIOR

Diploma e R$ 5.000,00

Suzana Fonseca e Tatiana Lopes, com o trabalho CASO ALESSANDRA, publicado no jornal A TRIBUNA (Santos).

 PRÊMIO ESSO REGIONAL 1

Diploma e R$ 3.000,00

Silvia Bessa, com o trabalho QUILOMBOLA - OS DIREITOS NEGADOS DE UM POVO, publicado no jornal DIÁRIO DE PERNAMBUCO (Recife).

PRÊMIO ESSO REGIONAL 2

Diploma e R$ 3.000,00

Edgar Gonçalvez Junior e Equipe, com o trabalho NOVEMBRO DE 2008 - O MAIOR DESASTRE CLIMÁTICO DO BRASIL, publicado no JORNAL DE SANTA CATARINA (Blumenau).

PRÊMIO ESSO REGIONAL 3

Diploma e R$ 3.000,00

Paulo Motta, Angelina Nunes, Carla Rocha, Selma Schmidt, Vera Araújo e Fábio Vasconcellos, com o trabalho DEMOCRACIA NAS FAVELAS, publicado no jornal O GLOBO.

A Comissão de Premiação decidiu também endossar a declaração emitida pela Comissão de Seleção de repúdio, protesto e preocupação com a censura judicial imposta ao jornal "O Estado de S. Paulo".

MELHOR CONTRIBUIÇÃO À IMPRENSA EM 2009

Os diplomas de Melhor Contribuição à Imprensa couberam aos sites "Museu Corrupção" e "Congresso em Foco".

 O "Museu da Corrupção" ou MuCo, na abreviação adotada por seus idealizadores, é uma iniciativa do Diário do Comércio, de São Paulo, que decidiram agrupar num site os casos mais importantes de corrupção noticiados pela imprensa desde 1964 até os dias de hoje. Segundo seus autores, pode traduzir-se como "um esforço para produzir um jornalismo participante e formativo, não apenas noticioso e espectador".

Desde fevereiro de 2004, quando foi criado, o site Congresso em Foco acumula inúmeras citações em outros veículos, inclusive estrangeiros, em razão de um paciente trabalho de investigação jornalística que lhe permitiu trazer à luz aspectos desconhecidos do Congresso Nacional e da realidade política brasileira. O site ganhou especial notoriedade em 2009 por revelar ao país o descontrole no uso de passagens aéreas por parlamentares, com centenas de voos ofertados a parentes e amigos, ou simplesmente comercializados num mercado paralelo ilegal.
 

Nada menos de 88 jornalistas pertencentes a dezenas de veículos, além de profissionais ligados à comunicação, estiveram envolvidos este ano durante três meses nas tarefas de julgamento do Prêmio Esso 2009.

 A Comissão de Pré-Seleção do PRÊMIO ESSO DE TELEJORNALISMO foi constituída pelos jornalistas e professores universitários Ana Gregati, Oscar Colombo e Viviane Medeiros.

 A Comissão de Seleção do PRÊMIO ESSO DE TELEJORNALISMO foi constituída pelas jornalistas Ana Gregati, Carmem Petit, Christina Pinheiro, Fernanda Pedrosa e Olga Curado.

 A Comissão Especial de Fotografia a quem coube apontar o trabalho vencedor dentre cinco finalistas, foi constituída pelos seguintes jurados:

 Alberto Jacob Filho - ARFOC-RIO; Alcides Freire Melo - O POVO (Fortaleza); Alcyr Cavalcanti - ARFOC; Alex Ribeiro - DIÁRIO DO COMÉRCIO - SP; Alexandre Sassaki - O GLOBO; Álvaro Duarte - ESTADO DE MINAS; André Feltes - DIÁRIO GAÚCHO; André Sarmento - ÉPOCA; Antonio Scorza - FRANCE PRESS; Beatriz Bissio- CADERNOS DO III MUNDO; Bio Barreira- VALOR ECONÔMICO; Carlos Dreher- REVISTA FHOX;  Célio Jr. - A CRÍTICA (Manaus); Eduardo Ribeiro - JORNALISTAS & CIA; Eduardo Soares de Queiroz - DIÁRIO DO NORDESTE; Evandro Teixeira - JORNAL DO BRASIL; Flávio Grieger - AGÊNCIA ANHANGÜERA - SP;  Flávio Rodrigues - PHOTOSYNTESIS; Francisco Guedes (Chico) - A GAZETA (Vitória);

Gil Vicente - DIÁRIO DE PERNAMBUCO; Haroldo Habib - LANCE!; Hélio Campos Mello - REVISTA BRASILEIROS; Jair Motta - JORNAL DOS SPORTS; Jarbas Junior - JORNAL DO COMMERCIO (Pernambuco); José Camargo - SINDICATO DOS JORNALISTAS SP; Leo Aversa - Fotógrafo; Léo Corrêa - O DIA; Leonardo Lara - O TEMPO; Luiz Morier- Vencedor do Prêmio Esso de Fotografia 1983 e 1993; Luiz Tajes - CORREIO BRAZILIENSE; Marcelo Prates - HOJE EM DIA; Marco Antonio Ankosqui - DIÁRIO DE S. PAULO; Mônica Maia - FOLHA DE S. PAULO;

Noris Martinelli - CLÁUDIA; Olga Vlahou - CARTA CAPITAL; Paulo Brandão - ARFOC-SP; Paulo Marcos de Mendonça Lima - UNIVERCIDADE; Paulo Rodrigues - Fotógrafo; Porthus Brito - PIONEIRO; Reginaldo Manente - Vencedor do Prêmio Esso de Fotografia 62, 63, 65 e 82; Ricardo Chaves - ZERO HORA; Rogério Reis - AGÊNCIA TYBA; Sérgio Borges - EXTRA; Sergio Branco - FOTOGRAFE MELHOR; Sérgio Zalis - CONTIGO; Sílvio Ribeiro - GAZETA DO POVO; Tiago Brandão - COMÉRCIO DA FRANCA; Walter de Carvalho - A TARDE (Salvador); Walter Firmo - VENCEDOR Prêmio Esso de Jornalismo 1964; Wilson Pedrosa - O ESTADO DE S. PAULO

 A escolha dos 35 trabalhos finalistas da mídia impressa (5 trabalhos para a categoria de fotografia e 3 trabalhos para cada uma das 10 categorias restantes), foi realizada por uma Comissão de Seleção composta por 25 profissionais oriundos das redações de alguns dos principais veículos brasileiros. Foram os seguintes os profissionais encarregados da tarefa:

 Adriana Santiago - DIÁRIO DO NORDESTE (Fortaleza-CE); André Balocco - JORNAL DO BRASIL (Rio de Janeiro-RJ); Álvaro Duarte - ESTADO DE MINAS (Belo Horizonte-MG); Ascânio Seleme - O GLOBO (Rio de Janeiro-RJ); Carlos Alexandre Souza - CORREIO BRAZILIENSE (Brasília-DF); Cláudio Thomas - DIÁRIO GAÚCHO (Porto Alegre-RS); Domingos Aquino - A NOTÍCIA (Joinville-SC); Elaine Gaglianone - O DIA (Rio de Janeiro-RJ); Erick Guimarães - O POVO (Fortaleza-CE); Fábio Gusmão - EXTRA (Rio de Janeiro-RJ); Francisco Camargo - GAZETA DO POVO (Curitiba-PR); Fritz Utzeri - Associação Brasileira de Imprensa (ABI); José Márcio Mendonça - Colunista; Laurindo Ferreira - JORNAL DO COMMERCIO (Recife-PE); Luiz Adolfo - RBS (Porto Alegre-RS); Luiz Henrique Fruet - Jornalista e escritor; Maria Cristina Fernandes - VALOR ECONÔMICO (São Paulo-SP); Marília Scalzo - Jornalista; Mário Marinho - Jornalista; Marlene da Silva Lopes - A TARDE (Salvador-BA); Moisés Rabinovici - DIÁRIO DO COMÉRCIO (São Paulo-SP); Nelson Homem de Mello - CORREIO POPULAR (Campinas-SP); Nelson Lemos - NVL Comunicação (Rio de Janeiro-RJ); Paula Losada - DIÁRIO DE PERNAMBUCO (Recife-PE); Paulo Marcos de Mendonça Lima - Fotógrafo.

 O Prêmio Esso de Jornalismo destinou este ano aos vencedores um total de R$ 109 mil, já deduzidos os impostos. Além do prêmio principal, que leva o nome do programa, fixado em R$ 30 mil, e do Prêmio de Telejornalismo, estabelecido em R$ 20 mil, foram distribuídos R$ 3 mil para cada um dos três prêmios regionais, R$ 10 mil para as categorias de Reportagem e Fotografia e R$ 5 mil para cada uma das categorias de Criação Gráfica-Jornal, Criação Gráfica-Revista, Informação Econômica, Informação Científica/ Tecnológica/ Ecológica, Prêmio Esso Interior e Prêmio Esso de Primeira Página.


 
RP Consultoria em Comunicação
Fonte RP Consultoria em Comunicação 09/12/2009 ás 18h

Compartilhe

Prêmio ESSO de Jornalismo anuncia vencederos de 2009.