Preços para a terceira idade sobem 0,51%

Fonte Agência Brasil. 07/01/2010 às 10h
O Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i) avançou 0,51% no quarto trimestre de 2009, em relação ao mesmo período do ano anterior (2008). Os dados foram divulgados hoje (7) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

O indicador mede a inflação para famílias compostas, em sua maioria, por pessoas com mais de 60 anos. No ano, o indicador acumulou alta de 4,09%, superando a inflação para todas as famílias, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Brasil (IPC-BR), que ficou em 3,95%.

Na passagem do terceiro para o quarto trimestre, a FGV registrou queda de 0,35 ponto percentual no IPC-3i, influenciado pela diminuição de preços dos alimentos (de 0,60% para -0,51%), com destaque para frutas, e em habitação (de 1,59% para 0,95%), com destaque para energia elétrica residencial e tarifa de TV por assinatura.

Por outro lado, itens de vestuário ficaram mais caros, passando de -0,44% para 2,13%, assim como transportes, cuja taxa passou de 0,77% para 1,76%, e educação, de -0,44% para 1%. Os destaques foram os reajustes na roupas (de -0,80% para 1,93%), em álcool combustível (de 8,65% para 16,33%) e nas passagens aéreas (de -5,3% para 7,83%).
Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 07/01/2010 ás 10h

Compartilhe

Preços para a terceira idade sobem 0,51%