Preços gerais da economia têm em 2009 primeira deflação da série histórica

Fonte Agência Brasil. 08/01/2010 às 9h

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) fechou o mês de dezembro em deflação de 0,11%. Com o resultado, inferior ao registrado um mês antes (0,07%), o índice encerrou o ano com queda de 1,43%, a primeira da série histórica.

De acordo com dados divulgados hoje (8) pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o movimento foi influenciado pelo comportamento dos preços por atacado, que caíram 0,29%, ante deflação de 0,04% em novembro. Ficaram mais baratos os bens finais (de 0,43% para –0,43%), especialmente alimentos in natura (de 2,08% para –4,86%); e as matérias-primas brutas (de –0,25% para –0,56%), com destaque para soja (de 0,01% para –3,29%), milho (de 2,90% para –4,17%) e laranja (de 12,82% para 1,24%). Já os bens intermediários não registraram variação na passagem de um mês para o outro, depois de terem apresentado queda de 0,31% em novembro. Neste levantamento houve aumento em suprimentos (de –2,73% para –1,30%).

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) reduziu o ritmo de crescimento, tendo passado de 0,26% para 0,24%. Duas das sete classes de despesa componentes do índice apresentaram decréscimo: alimentação (de 0,27% para 0,20%), com destaque para hortaliças e legumes (de 4,59% para –1,06%); e habitação (de 0,26% para 0,14%), principalmente tarifa de eletricidade residencial (de 0,49% para 0,15%).

Por outro lado, subiram os preços de vestuário (de 0,92% para 1,02%), saúde e cuidados pessoais (de 0,06% para 0,24%), transportes (de 0,22% para 0,30%), despesas diversas (de 0,05% para 0,17%) e educação, leitura e recreação (de 0,29% para 0,30%).

Último componente do IGP-DI, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) ficou em 0,10% em dezembro, depois de registrar 0,29% um mês antes. Caíram ou subiram com menos intensidade de um mês para outro os preços dos serviços (de 0,35% para 0,30%) e o custo da mão de obra (de 0,40% para –0,01%). Em sentido inverso, os materiais e equipamentos passaram de 0,15% para 0,17%.

Para calcular o IGP-DI, a FGV coletou preços no período entre 1º e 31 de dezembro.

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 08/01/2010 ás 9h

Compartilhe

Preços gerais da economia têm em 2009 primeira deflação da série histórica