Polícia Federal prende grupo de ciganos acusado de fraudar o INSS

Fonte Agência Brasil. 28/01/2010 às 15h

A Polícia Federal prendeu em flagrante na tarde de ontem (27) nove ciganos de um acampamento no município de Tanguá, acusados de fraudar o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) de Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Segundo o delegado responsável pela operação, Marcos Aurélio Costa de Lima, os suspeitos falsificavam documentos para receber o Benefício Social ao Idoso.

“Eles produziam certidões de nascimento e com elas retiravam carteira de identidade, carteira de trabalho, entre outros documentos, para receber benefícios equivalentes a um quarto do salário mínimo. Estamos agora investigando o possível envolvimento de mais ciganos no esquema.”

Os suspeitos foram autuados por falsidade ideológica, uso de documentos falsos e estelionato contra o INSS. O delegado informou que eles agiam principalmente na Região dos Lagos e na Região Metropolitana do Rio.

 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 28/01/2010 ás 15h

Compartilhe

Polícia Federal prende grupo de ciganos acusado de fraudar o INSS