PF vai investigar possíveis fraudes no Banco Cruzeiro do Sul

Fonte Agência Brasil 04/06/2012 às 21h

Rio de Janeiro – A Polícia Federal (PF) vai apurar possíveis fraudes ocorridas no Banco Cruzeiro do Sul. A informação foi divulgada no início da noite de hoje (4) através de nota. A instituição bancária sofreu intervenção hoje do Banco Central (BC), que decretou Regime de Administração Especial Temporária (Raet) pelo prazo de seis meses. A medida foi tomada pelo BC por “descumprimento de normas aplicáveis ao sistema financeiro e da verificação de insubsistência em itens do ativo”.

A nota da PF é a seguinte: “A Polícia Federal instaurou hoje inquérito para apurar a prática de crime de gestão fraudulenta por parte dos controladores do Banco Cruzeiro do Sul, com sede no Rio de Janeiro. Em dezembro de 2011, o Banco Cruzeiro do Sul, que está sob intervenção do Banco Central do Brasil e possui atualmente uma dívida de cerca de R$ 150 milhões, teria comprado por R$ 55 milhões o Banco Prosper, que estava descapitalizado e já não operava mais.”

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 04/06/2012 ás 21h

Compartilhe

PF vai investigar possíveis fraudes no Banco Cruzeiro do Sul