Pesquisador da UFRJ vai abordar, em palestra, educação segundo Nietzsche e Simondon

Fonte UFMG 29/08/2014 às 8h
Palestra do professor Bernardo Oliveira, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, na próxima segunda-feira, dia 1º de setembro, discutirá a concepção de educação e criação em Friedrich Nietzsche e Gilbert Simondon. Iniciativa do Grupo Nietzsche, do Programa de Pós-graduação em Filosofia da UFMG, o seminário Educação, Experimentação e Invenção em Nietzsche e Simondon terá início às 14h, no auditório Baesse da Fafich, no campus Pampulha.

O palestrante vai analisar a tensão existente nos âmbitos da individuação e da coletividade, tema encontrado na obra dos dois pensadores. Para o filósofo alemão, educar é forçar as virtudes do aluno de modo a fazê-lo desenvolver-se ao máximo e servir de exemplo para o restante da comunidade. Para o francês Simondon, refletir sobre a educação consiste em analisar a individuação em seus três níveis – físico, vital e psíquico/psíquico-social. Segundo os organizadores da palestra, as duas teorias apontam para uma superação da educação moderna, pois propõem a experimentação em detrimento de uma pedagogia controladora.

Formado em 2007, por iniciativa dos alunos do Departamento de Filosofia, e institucionalizado em 2009, o Grupo Nietzsche UFMG pretende aproximar pesquisadores e projetos relacionados ao estudo e à divulgação do pensamento nietzschiano. O grupo, coordenado pelo professor Rogério Lopes, mantém agenda de encontros e reuniões que conta ainda com a colaboração do professor Olímpio Pimenta, da Universidade Federal de Ouro Preto, e com a participação de estudantes de graduação e pós-graduação.

Mais informações sobre a palestra e outas atividades podem ser encontradas no blog do Grupo Nietzsche.
UFMG
Fonte UFMG 29/08/2014 ás 8h

Compartilhe

Pesquisador da UFRJ vai abordar, em palestra, educação segundo Nietzsche e Simondon