Paulistas abraçam Represa de Guarapiranga em ato contra a degradação ambiental

Fonte Agência Brasil 03/06/2012 às 19h

 

 

São Paulo – Milhares de pessoas pessoas “abraçaram” hoje (3) a Represa de Guarapiranga, na zona sul de São Paulo, como protesto contra a degradação do manancial. O Abraço, como é chamado o evento, está na sua sétima edição e teve manifestações simultâneas em três trechos da orla da represa.

“O tema da atual edição é Rio+20: o Nosso Rio é Aqui, ou seja, os ideais de preservação ambiental e de sustentabilidade devem ser convertidos em ações concretas no dia a dia, quando as pessoas vivenciam problemas como direito à cidade e à cidadania. Queremos mostrar que são as pequenas atitudes que vão contribuir globalmente”, disse Mauro Scarpinatti, da organização não governamental (ONG) Espaço Formação.

O abraço também teve o objetivo de cobrar das autoridades medidas para um controle maior sobre a construção de moradias nas proximidades da represa. “A orla é totalmente ocupada por loteamentos irregulares, por invasão. Parte deles tem água encanada, mas não tem esgoto, que vai direto para a represa”, ressaltou Eduardo Melander Filho, um dos organizadores da manifestação.

O lago da Represa Guarapiranga tem mais de 25 quilômetros quadrados e abrange áreas de vários municípios de São Paulo, como Itapecerica da Serra, Embu-Guaçu, Embu das Artes e Juquitiba. A represa fornece água para aproximadamente 4 milhões de pessoas.

O evento foi coordenado pela Rede de Olho Nos Mananciais, formada por mais de 40 organizações da sociedade civil.

 

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 03/06/2012 ás 19h

Compartilhe

Paulistas abraçam Represa de Guarapiranga em ato contra a degradação ambiental