Paraguai nega cessão de instalações em porto a estatal venezuelana

Fonte Ansa Flash 18/12/2009 às 17h

O governo do Paraguai negou hoje a informação de que a petroleira do país, a Petróleos Paraguayos (Petropar), teria entregue instalações no porto argentino de Zárate à Petróleos de Venezuela (PDVSA) como pagamento de parte de uma dívida.

A notícia, publicada pelo jornal argentino Ambito Financiero e reproduzida pelo diário paraguaio La Nación, foi desmentida pelo ministro da Indústria e do Comércio de Assunção, Francisco Rivas.

"É uma coisa impensável, o presidente [Fernando Lugo] nunca falou sobre isso", garantiu Rivas que, no entanto, foi citado pelas publicações como fonte.

O ministro confirmou a existência de uma dívida da Petropar junto à PDVSA que, segundo a imprensa argentina, pode chegar a US$ 300 milhões.

No entanto, embora tenha reconhecido que há negociações em curso, Rivas descartou a hipótese de que instalações no porto de Zárate fossem incluídas em um eventual acordo.

Nesta semana, o ministro se reuniu com o titular da petroleira paraguaia, Juan Alberto González Meyer, para tratar do caso.

O porto de Zárate está situado no Rio Paraná, a cerca de 100 quilômetros da capital Buenos Aires.

Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 18/12/2009 ás 17h

Compartilhe

Paraguai nega cessão de instalações em porto a estatal venezuelana