Papa quer superação de questões doutrinárias com os lefebvrianos

Fonte Ansa Flash. 15/01/2010 às 15h

O papa Bento XVI disse hoje esperar que sejam superadas as questões doutrinárias que dividem a Igreja Católica e os lefebvrianos da Fraternidade São Pio X.

Encontrando-se com a Assembleia Plenária da Congregação para a Doutrina da Fé, o Pontífice manifestou seu desejo de que os lefebvrianos voltem à "plena comunhão" com a Igreja de Roma.

"O alcance do comum testemunho de fé de todos os cristãos constitui a prioridade da Igreja de todos os tempos, para conduzir os homens ao encontro com Deus", enfatizou o Papa.

Em janeiro do ano passado, o Pontífice revogou a excomunhão de quatro bispos lefebvrianos. O episódio incomodou a comunidade judaica, já que um dos religiosos aceitos novamente pelo Vaticano, o inglês Richard Williamson, havia dado declarações contestando a existência do Holocausto.

Os lefebvrianos mantêm divergências com a Igreja desde a década de 1960, quando o bispo Marcel Lefebvre foi excomungado por se opor às mudanças aprovadas pelo Concílio Vaticano II.

Hoje, Bento XVI também comentou o retorno de fiéis anglicanos à Igreja Católica, viabilizado pela Constituição Apostólica, publicada em outubro pela Santa Sé. O documento permite que os anglicanos entrem em "plena" comunhão com a fé católica.

Segundo o Pontífice, este retorno dos anglicanos "não é de forma alguma contrário ao movimento ecumênico", mas favorável ao diálogo entre as denominações cristãs, cujo "principal objetivo consiste em alcançar a comunhão dos discípulos do Senhor".

Ansa Flash.
Fonte Ansa Flash. 15/01/2010 ás 15h

Compartilhe

Papa quer superação de questões doutrinárias com os lefebvrianos