Otan quer reforçar presença no Leste Europeu

Fonte ANSA 02/09/2014 às 9h
Organismo quer enfrentar atuação da Rússia no leste da Ucrânia

•BRUXELAS•ZSG

(ANSA) - A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) irá reforçar sua presença no Leste Europeu "enquanto for necessário", disse, nesta segunda-feira (01)< o secretário-geral da organização, Anders Fogh Rasmussen, anunciando medidas que serão estudadas durante Cúpula que será realizada em Gales entre quinta-feira e sexta-feira.

Rasmussen ainda disse que os chefes de Estado e de Governo aprovarão um plano de intervenção rápida para tornar a Aliança Atlântica mais ágil, em resposta ao "comportamento agressivo da Rússia na Ucrânia, mas também para permitir que a organização responda a todos os desafios de segurança, onde quer que elas surjam".

Segundo ele, a cúpula será realizada em um "mundo mudado" e será uma "reunião crucial na história da Aliança". Ele também afirmou que este é "um tempo de múltiplas crises em várias frentes: no leste, a Rússia intervém abertamente na Ucrânia, e, ao sul, há uma instabilidade crescente, com Estados frágeis, conflitos sectários e uma onda de extremismo". (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 02/09/2014 ás 9h

Compartilhe

Otan quer reforçar presença no Leste Europeu