Organizações realizarão protestos contra encontro do G20

Fonte Ansa flash 15/06/2012 às 8h
CIDADE DO MÉXICO - Diversas organizações políticas, sindicais e de defesa dos direitos civis estão organizando protestos contra a cúpula de líderes do G20 (grupo dos 20 países mais ricos e emergentes) que ocorrerá em 18 e 19 de junho, no balneário mexicano de Los Cabos.

Organizações não-governamentais (ONGs) pertencentes à Cúpula dos Povos convocaram uma marcha que partirá do Monumento à Revolução até a praça do Zócalo, a principal praça pública do país.

Também está programada uma mobilização para domingo, 17 de junho, no balneário de La Paz, no estado de Baja Califórnia, onde está localizada a cidade de Los Cabos. O protesto pretende negar o G20 como um "fórum de interlocução".

"Estamos buscando uma alternativa ao modelo econômico que sirva aos povos, às comunidades", destacou a ativista Rocio Mejía, da Cúpula dos Povos. Ela disse que os manifestantes não estão de acordo "com as políticas econômicas que estão promovendo".

"Nos damos conta que, depois de 30 anos de política neoliberal, que começamos no México em 1982 coma crise da dívida, temos mais desemprego", criticou Mejía, que prognosticou o fracasso do encontro entre os líderes do G20.
Ansa flash
Fonte Ansa flash 15/06/2012 ás 8h

Compartilhe

Organizações realizarão protestos contra encontro do G20