Operações de crédito crescem 1,5% de outubro para novembro e somam R$ 1,389 trilhão

Fonte Agência Brasil. 29/12/2009 às 11h

O estoque de operações de crédito bancário somou R$ 1,389 trilhão no final de novembro, o que representa expansão de 1,5% em relação a outubro e de 14,9% nos últimos 12 meses, de acordo com o Relatório de Política Monetária e Operações de Crédito do Sistema Financeiro, divulgado há pouco pelo Banco Central (BC).

O documento diz que a expansão do crédito reflete a retomada do nível de atividade econômica, tanto que o total de empréstimos equivale a 44,9% do Produto Interno Bruto (PIB), soma das riquezas produzidas no país. A relação crédito/PIB era de 38,9% em novembro do ano passado, no auge da crise financeira internacional, quando os empréstimos diminuíram.

Do total de empréstimos, R$ 945,9 bilhões (68,1%) correspondem a operações com recursos livres, sendo R$ 464,8 bilhões destinados às famílias (aumento de 1,3% no mês) e R$ 423,8 bilhões (expansão de 1,5%) de contratações com empresas. Os créditos direcionados para habitação e agroindústria somaram R$ 442,7 bilhões, com elevações de 1,8% no mês e de 28% em 12 meses.

Os créditos contratados com o setor público alcançaram R$ 57 bilhões em novembro, com aumento de 2,7% em relação a outubro. Essa expansão se deve ao aumento da demanda de crédito por parte de estados e municípios, especialmente para investimentos nas áreas de saneamento básico, habitação popular e infraestrutura de transportes.

 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 29/12/2009 ás 11h

Compartilhe

Operações de crédito crescem 1,5% de outubro para novembro e somam R$ 1,389 trilhão