ONG diz que soldados sírios foram executados por Estado Islâmico

Fonte Agência Lusa 28/08/2014 às 12h
Membros do grupo Estado Islâmico executaram dezenas de soldados sírios que fugiram da base aérea de Tabqa, ao Norte do país, segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

“Dezenas de soldados sírios, capturados quando fugiam para Esraya, na província de Hama, após a tomada da base aérea de Tabqa, foram executados da noite de quarta-feira para quinta-feira”, disse o diretor do observatório, Abdel Rahmane.

A organização não governamental ainda não tem dados definitivos sobre o número de homens que foram assassinados, apesar de o Estado Islâmico reivindicar, por meio de mensagens difundidas na rede social Twitter, que 200 soldados sírios foram mortos.

Ainda de acordo com o observatório, 1,4 mil soldados estavam instalados na base de Tabqa, ocupada no domingo (24) por radicais do Estado Islâmico. Cerca de 700 homens conseguiram alcançar zonas controladas por Damasco, mas mais de 500 militares permanecem em combate nos arredores da base aérea.
Agência Lusa
Fonte Agência Lusa 28/08/2014 ás 12h

Compartilhe

ONG diz que soldados sírios foram executados por Estado Islâmico