Oficina visa organizar atendimento do Brasil Sorridente

Fonte Ascom/MDS 06/06/2012 às 18h
Representantes de cerca de 20 municípios participaram em Brasília, nesta terça-feira (5), da Oficina Brasil Sorridente, Mulheres Mil e Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O encontro teve como principal objetivo organizar o fluxo e a estruturação da rede de atendimento aos contemplados com recursos federais para implantação do Programa Brasil Sorridente.

De acordo com a Portaria 1.109, publicada em 28 de maio, o Ministério da Saúde destinou R$ 1.271.728,96 para implantação de Laboratórios Regionais de Próteses Dentárias (LRPD), com prioridade para os municípios que já executam o Pronatec e o Mulheres Mil.

O incentivo à implementação de LRPDs faz parte de uma ação conjunta do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) com órgãos e entidades ligados ao Plano Brasil Sem Miséria, que reconhece a importância da saúde bucal na inclusão produtiva e inserção no mercado de trabalho, avalia a diretora adjunta da Diretoria de Inclusão Produtiva Urbana do MDS, Margarida Munguba.

Assessor da mesma diretoria, Luciano Maduro enfatiza a necessidade de maior divulgação das ações do Pronatec em todos os municípios, além da ampliação da adesão. “Os cursos são resultado de esforço dos governos federal, estaduais e municipais para promover a inserção no mercado de trabalho e retirar essas famílias da situação de extrema pobreza.”

Ascom/MDS
Fonte Ascom/MDS 06/06/2012 ás 18h

Compartilhe

Oficina visa organizar atendimento do Brasil Sorridente