Observadores do Mercosul elogiam transparência durante eleições na Bolívia.

Fonte Agência Brasil. 07/12/2009 às 12h

A delegação de observadores do Mercosul, coordenada pelo deputado brasileiro Dr. Rosinha (PT-PR), elogiou a alta participação, a transparência e a segurança durante o pleito de ontem (6) na Bolívia. A eleição, segundo nota divulgada pelo grupo, transcorreu com normalidade, em um ambiente de alta participação e de forma ordenada.

“O novo sistema de padrão biométrico mostrou ser um avanço e uma garantia de transparência”, afirmou a delegação, que chegou ao país no último dia 3 com representantes da Argentina, do Brasil, do Paraguai e do Uruguai. O acompanhamento foi feito em cidades como La Paz e El Alto, além de zonas rurais bolivianas.

De acordo com o comunicado, algumas “falhas menores” chegaram a ser observadas durante as eleições, mas não interferiram no resultado final. “Durante seu trabalho, os membros da missão não registraram incidentes sem anomalias significativas”, disse a delegação.

Pesquisas de boca de urna na Bolívia indicam que o atual presidente, Evo Morales, obteve a maioria dos votos – entre 61% e 63%. Segundo as sondagens, ele ainda teria aumentado o percentual de votos em regiões que foram fortes opositoras durante seu primeiro mandato, como os departamentos da chamada “meia-lua” (região que reúne os estados de Santa Cruz, Tarija, Beni e Pando), no Leste do país.

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 07/12/2009 ás 12h

Compartilhe

Observadores do Mercosul elogiam transparência durante eleições na Bolívia.