O presidente do Equador, Rafael Correa, deu respaldo a um pedido de seu homólogo da Bolívia, Evo Morales, para reestruturar a Organização dos Estados Americanos (OEA)

Fonte Ansa flash 04/06/2012 às 23h
O presidente do Equador, Rafael Correa, deu respaldo a um pedido de seu homólogo da Bolívia, Evo Morales, para reestruturar a Organização dos Estados Americanos (OEA) a fim de evitar o fim do organismo.

A demanda feita pelos mandatários no âmbito da assembleia geral da organização, que está sendo realizada em Cochabamba, na Bolívia, introduziu um novo debate dentro da OEA que dividiu opiniões entre aqueles que buscam mudanças de mecanismo e o grupo que pretende preservar o sistema.

Correa justificou sua proposta alegando que os povos da região estão "transformando as democracias de massa de modelar em democracias reais".

Morales disse, ao inaugurar a cúpula, que "para a OEA existem dois caminhos, morre o serviço do império ou renasce para servir aos povos da América". Ele ainda sugeriu acabar Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (Tiar), entre outros mecanismos.
Ansa flash
Fonte Ansa flash 04/06/2012 ás 23h

Compartilhe

O presidente do Equador, Rafael Correa, deu respaldo a um pedido de seu homólogo da Bolívia, Evo Morales, para reestruturar a Organização dos Estados Americanos (OEA)