Negociações para pôr fim à rebelião em presídio na Bahia são retomadas

Fonte Agência Brasil.] 09/02/2010 às 11h

Uma rebelião liderada por 25 detentos do Conjunto Penal de Serrinha (BA) já dura mais de 24 horas. De acordo com a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do estado, as negociações foram retomadas às 6h de hoje (9).

Os presos estão, neste momento, em uma espécie de minipavilhão, com oito celas onde ficam os mais perigosos e outra em que estão aqueles ameaçados de morte. O local tem capacidade para 30 detentos e, atualmente, abriga 29.

Quatro homens estavam na cela onde ficam os presos ameaçados de morte. Ontem (8), detentos que participam da rebelião danificaram o sistema de automação das portas e conseguiram entrar na cela. O interno Joselito Alves da Silva – conhecido como Carioca – foi morto e os outros três permanecem reféns.

Nota divulgada pela secretaria informa ainda que a direção do presídio lacrou as portas que dão acesso ao minipavilhão, isolando os detentos, e que a Polícia Militar da Bahia reforçou a segurança externa. O corpo de Joselito Alves da Silva continua no local.

Agência Brasil.]
Fonte Agência Brasil.] 09/02/2010 ás 11h

Compartilhe

Negociações para pôr fim à rebelião em presídio na Bahia são retomadas