NBB - Flamengo fecha primeiro turno com vitória

Fonte LNB. 03/02/2010 às 12h

O Flamengo terminou sua campanha no primeiro turno do NBB com vitória sobre o Paulistano/Amil, por 105 a 70, em partida adiada da oitava rodada. Com o resultado, o rubro-negro empatou em número de partidas vencidas com o Pitágoras/Minas e o Ciser/Araldite/Univille/Joinville, todos com nove. No critério de desempate, os cariocas assumiram a terceira colocação no campeonato, pois possuem um saldo de pontos nos jogos entre as três equipes inferior ao do Minas, quatro contra 10, e superior ao do Joinville, que tem -14. O líder do NBB continua sendo o Universo/BRB/Financeira Brasília.

O ala Marcelinho, novamente, foi o grande nome do jogo. O cestinha do NBB marcou 30 pontos e colaborou com sete rebotes. Além dele, seu irmão, o ala Duda, e o pivô Teichmann marcaram 19 pontos cada um. Pelo lado do Paulistano, o ala/pivô Zillmer foi o principal pontuador da equipe, com 21.


O Flamengo aproveitou a ausência de cinco jogadores importantes do time adversário. O armador Fernando Penna, e os alas Dedé e Edu, lesionados, mais os pivôs Baby e André Bambu, afastados por indisciplina, desfalcaram o Paulistano. Mesmo assim, a equipe paulista conseguiu manter o jogo equilibrado no início. O primeiro quarto terminou com vantagem dos cariocas, 18 a 13. "Precisávamos recuperar o rumo das vitórias, principalmente após a derrota para o Universo, que foi um baque para nós. Conversamos bastante antes do jogo e fizemos uma boa partida", avaliou o técnico do Flamengo, Paulo Chupeta.

Apesar de não estar com uma boa mão, o ala Marcelinho foi o principal pontuador do Flamengo no primeiro tempo, com 12 pontos. O jogador teve doze arremessos de quadra e converteu apenas uma bola de 3 pontos e uma de 2 pontos. O restante foi marcado da linha do lance livre, sete convertidos em oito tentativas. Além de Marcelinho, o pivô Jefferson também foi importante no ataque do rubro-negro, contribuindo com dez pontos. Os donos da casa ampliaram a vantagem no segundo quarto, 40 a 31.

Na volta do intervalo, o Flamengo deslanchou. Marcelinho passou a acertar mais em quadra juntamente com seu irmão Duda. O rubro-negro dominou os rebotes no garrafão defensivo e aumentou a vantagem no placar. Foram 39 rebotes contra 28 do adversário. O Paulistano tentou se recuperar com algumas ações ofensivas do pivô Zillmer, mas não foi suficiente. Os cariocas abriram mais 15 pontos no terceiro quarto e mais 11 no último para vencer o jogo. "A equipe lutou, mas diante das circunstâncias não foi possível segurar o poderio ofensivo do Flamengo. Vamos esperar reação nos próximos jogos", analisou o técnico do time paulista, João Marcelo.

LNB.
Fonte LNB. 03/02/2010 ás 12h

Compartilhe

NBB - Flamengo fecha primeiro turno com vitória