Movimento na estradas paulistas deve aumentar à tarde

Fonte Agência Brasil. 30/12/2009 às 12h

O tráfego de veículos deve ficar mais intenso nas rodovias de São Paulo e nas estradas federais que cortam o estado a partir do meio-dia. De acordo com Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), 1,8 milhão de veículos devem deixar a cidade nesse período de fim de ano. Entre os destinos mais procurados estão as praias do litoral paulista.

A Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, prevê que 635 mil veículos desçam a Serra do Mar até a meia-noite de domingo (3). A Rodovia Mogi-Bertioga, que liga o município de Mogi das Cruzes, no leste da Grande São Paulo, ao litoral norte, será liberada amanhã (31) às 6h, depois de ficar interditada para o tráfego de veículos desde o último dia 8, em consequência de um deslizamento de terra. Porém, a restrição será mantida para os caminhões.

Entre hoje e domingo, cerca de 600 mil veículos devem cruzar os pedágios do Sistema Anhanguera-Banteirantes, rumo ao interior paulista e a outros estados. Mais 100 mil devem circular na Régis Bittencourt, rodovia que liga São Paulo ao Paraná pela BR-116, hoje (30) e amanhã, segundo a estimativa da concessionária Autopista Régis Bittencourt.

Nos dois sentidos das rodovias do Sistema Castello Branco-Raposo Tavares são esperados 390 mil veículos. A Rodovia Presidente Dutra deve receber um fluxo de 192 mil veículos no sentido Rio de Janeiro, e do lado oposto, 145 mil, segundo as previsões da concessionária NovaDutra. De acordo com a empresa, não há mais pontos de interdição. A circulação de veículos ficou parcialmente interrompida, no sentido Rio, durante a madrugada, por causa da queda de uma barreira no Vale do Paraíba, provocada pelas fortes chuvas. Mas a via foi totalmente liberada às 8h50.

 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 30/12/2009 ás 12h

Compartilhe

Movimento na estradas paulistas deve aumentar à tarde