Mostra sobre tecnologia do bambu traz usos milenares e inovadores

Fonte Ascom do MCTI 09/06/2012 às 17h

Estrutura em forma de bolha, casas populares, bicicleta e turbinas, além de carvão. Esses são alguns dos itens confeccionados à base de bambu e exibidos de formas distintas pelo Laboratório de Investigação em Livre Desenho (Lild), da Pontifica Universidade Católica (PUC-RJ), no Espaço Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável, entre quarta-feira (13) e o dia 22, durante a Rio+20. O local funciona no Armazém 4, reservado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e suas agências e unidades de pesquisa, além de instituições parceiras.

A exposição demonstra alguns dos avanços mundiais alcançados na pesquisa e desenvolvimento de tecnologias, que envolvem técnicas milenares e avanços científicos, utilizando o bambu como matéria-prima. A atividade proposta irá exibir estudos de caso que ilustram como as inovações tecnológicas oferecem oportunidades para o desenvolvimento sustentável e inclusivo.

O país já deu início à implantação de metodologias que possibilitem a utilização dessas técnicas, com a criação da Política Nacional de Incentivo ao Manejo Sustentado e ao Cultivo do Bambu, que se baseia em ações governamentais e empreendimentos privados.

Entre os itens expostos no Armazém 4, destaque para a estrutura em forma de bolha e a exibição audiovisual das casas populares na China, utilizadas pela indústria local para reconstruir regiões atingidas por terremotos. No estande serão exibidas amostras interativas de inovações tecnológicas em bambu e vime, incluindo um modelo de turbina eólica e uma bicicleta.

Pôsteres e brochuras ilustram ainda como inovações na produção de carvão de bambu estão substituindo a lenha e o carvão de madeira, na África Subsaariana, como alternativa de fonte energética mais econômica e sustentável para a população de baixa renda.

Ascom do MCTI
Fonte Ascom do MCTI 09/06/2012 ás 17h

Compartilhe

Mostra sobre tecnologia do bambu traz usos milenares e inovadores