Miss é acusada de fugir com coroa e exige desculpas

Fonte ANSA 02/09/2014 às 20h

Objeto vale US$ 100 mil e está com jovem de 16 anos

02 Setembro, 20:21•BANGCOC•ZLR

(ANSA) - A birmanesa May Myat Noe, de 16 anos, exigiu nesta terça-feira (2) um pedido de desculpas para devolver a coroa de US$ 100 mil vencida por ela em maio de 2014 no concurso Miss Ásia-Pacífico.

Os organizadores sul-coreanos do evento, que foi realizado em Seul, a acusam de ter fugido com o objeto para Mianmar e destronaram a jovem recentemente por "má conduta". Eles dizem que Noe mentiu e foi desrespeitosa com eles, sem especificar de que modo.

Já a adolescente afirma que entrou em conflito com os responsáveis pelo concurso porque estava sendo pressionada a passar por cirurgias plásticas "dos pés à cabeça". No entanto, de acordo com a "BBC", na origem da disputa está um desacordo entre os organizadores e a mãe da birmanesa quanto à gestão da sua carreira de modelo.

Noe garante que voltou ao seu país sem saber que havia perdido o título. (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 02/09/2014 ás 20h

Compartilhe

Miss é acusada de fugir com coroa e exige desculpas