Mesmo com chuva, elite do atletismo paulista faz bonito no Ibirapuera

Fonte ZDL Comunicação 18/03/2013 às 6h

Esportistas aproveitaram o Torneio FPA Adulto para avaliar a preparação para o Mundial da Rússia

São Paulo (SP) - Conquistar uma vaga no Campeonato Mundial de Atletismo na Rússia é o principal objetivo da elite paulista na temporada 2013. Mesmo sendo apenas o início do ano, muitos atletas já estão com a preparação a todo vapor. Uns tentam obter os índices e outros melhorar marcas. Recordista brasileiro no lançamento do disco, Ronald Julião foi um dos que aproveitou o Torneio FPA Adulto, finalizado neste domingo (17) no Complexo do Ibirapuera, para melhorar sua performance e conseguiu. O lançador da equipe BM&F Bovespa venceu a prova com 61,73m, sua melhor marca do ano, porém ainda precisa corrigir alguns detalhes para alcançar o índice exigido para o Mundial em Moscou, de 64m.

"Apesar da marca ter sido boa, esperávamos um resultado ainda melhor para o Ronald. Agora ele vai iniciar um trabalho de força e, em abril, embarca para Chula Vista, nos Estados Unidos, para um camping. Com isso esperamos que o atleta chegue ao índice nesse período fora ou logo depois de retornar para o Brasil, em maio", comentou o treinador João Paulo Alves Cunha, da BM&F Bovespa.

Nem mesmo a chuva, que caiu durante a tarde inteira no Estádio Ícaro de Castro Mello, atrapalhou os planos de Nilson André. Presente na equipe brasileira de revezamento 4x100m na Olimpíada de Londres, o velocista da BM&F Bovespa sabe que para carimbar o passaporte para Moscou toda oportunidade é válida.
"Muitos já treinaram em condições climáticas piores, então não podemos desanimar. Essa é minha primeira competição no ano, serve para que eu e meu treinador tenhamos um parâmetro de como está minha corrida e o que precisamos melhorar, por isso não desisti. Sou um cara que precisa competir para ganhar confiança e ritmo", revelou Nilson.

Dia de testes - Para a velocista Ana Claudia Lemos, o Torneio FPA foi um verdadeiro teste. Acostumada com as distâncias de 100m e 200m rasos, encarou a prova dos 400m para avaliar seu treinamento para os meetings no Brasil, marcados para o mês de maio. Em sua primeira competição na temporada, Ana Claudia fez o quarto melhor tempo da prova, 55s90.

"Gostei do tempo e da prova. A chuva atrapalhou um pouco, mas temos que correr em qualquer circunstância. Se estivermos em provas importantes nas mesmas situações já sabemos o que esperar", afirmou a atleta da BM&F/Bovespa.

Quem também teve uma experiência nova foi Lucas da Silva, do G.R. Barueri. O jovem de 20 anos é especialista nos 110m com barreiras, mas desde o início do ano está treinando os 100m rasos e salto em distância. Neste domingo, Lucas fez o sexto melhor tempo nas semifinais dos 100m (11s06), e foi o quinto na qualificação do salto em distância, com 7,16m. O atleta optou por não disputar as finais de ambas as provas em razão da chuva.

"É a segunda vez que faço essas provas. Na primeira vez realmente achei muito estranho, mas treinei bem na última semana e hoje me senti melhor com a mudança. Ainda continuo correndo os 110m com barreiras, mas tem sido bom explorar novas possibilidades dentro do atletismo", revelou.

Já saltadora Jéssica Carolina Reis está mudando sua corrida. Quarta colocada no ranking nacional do salto em distância em 2012, a jovem de 20 anos venceu a prova deste domingo com 6,24m, mas ainda está aquecendo para a temporada.
"Ela tinha uma corrida mais saltada, agora estamos ousando colocando mais velocidade. A meta para o ano é chegar nos 6,70m e talvez participar do Mundial em Moscou. Estamos indo com calma, para que as coisas aconteçam naturalmente, sem sacrifício e sem ansiedade", explicou a treinadora Luciana Alves dos Santos, da ASA São Bernardo.

Os resultados do sábado e do domingo estão disponíveis no site da FPA : www.atletismofpa.org.br

ZDL Comunicação
Fonte ZDL Comunicação 18/03/2013 ás 6h

Compartilhe

Mesmo com chuva, elite do atletismo paulista faz bonito no Ibirapuera