Mercado automotivo indiano vai de vento em popa

Fonte Evaldo Costa 25/01/2010 às 15h

O salão de Nova Delhi, ocorrido na primeira quinzena de janeiro, revelou o quanto a indústria automobilística indiana cresceu nos últimos meses. Em novembro de 2009, a indústria automobilística de lá apresentou crescimento de 45,8% em um único mês. Sendo que o mercado de veículos de passageiros cresceu 66,5%, e comerciais, cresceu 98%.

E é neste ritmo que eles esperam continuar em 2010. Marcas como a Maruti Suzuki, Skoda e BMW AG anunciaram lançamentos de carros mais caros na expo. A Maruti Suzuki, maior fabricante da Índia, anunciou o lançamento de seu sedan de luxo, o Kizashi, em 2010 e disse que planeja lançar a versão híbrida do sedã SX4 em outubro.

A Skoda (controlada pela VW), anunciou planos para lançar nos próximos seis meses o Yeti, utilitário esportivo. Um dos mais conhecidos fabricantes de automóveis de luxo, BMW AG, anunciou o lançamento de dois novos veículos na expo: um veículo utilitário esportivo, o M X6 e o Série 7 Berlina 760 Li, e planeja lançar o X1 veículo utilitário desportivo, até ao final deste ano.

A BMW e a Toyota farão vários dos seus modelos de automóveis na Índia. A BMW vai começar a fabricar seus carros da série 3 e 5 na sua fábrica de Chennai, no sul da Índia, até o final do ano. A Toyota também fabricará o Etios, em sua planta, no sul indiano.

A Volkswagen anunciou que 50% dos componentes do Polo Hatchback será fabricado na Índia, por fornecedores domésticos, aumentando para 70% em três anos.

Carros pequenos e com preços competitivos ajudarão a Honda, Volkswagen e Toyota a ganhar uma fatia maior do mercado indiano, liderados por Maruti Suzuki Índia, Hyundai Motor Índia e Tata Motors

Os carros pequenos - com cilindrada entre 0,8 e 1,6 litros - compõem quase dois terços das vendas totais de automóveis da Índia, com Maruti controlando mais de metade do mercado presente.

Estaria a Índia pronta para competir com a China e os Estados Unidos pela liderança dos maiores fabricantes de veículos?

Evaldo Costa
Fonte Evaldo Costa 25/01/2010 ás 15h

Compartilhe

Mercado automotivo indiano vai de vento em popa