Mais de 2 mil escolas no país participam da Obmep pela primeira vez

Fonte Ascom do MCTI 07/06/2012 às 19h
As egiões Norte e Nordeste se destacam em número de estabelecimentos de ensino recentemente cadastrados pela organização, respondem por mais da metade do total das novatas na olimpíada. Só no Norte do país, 462 novas escolas participam pela primeira vez da competição.

Destaque para o estado do Amazonas, onde 186 estabelecimentos aderiram à Obmep neste ano. O estado é o segundo do país neste ranking das unidades cadastradas até o final do período de inscrições, em março último. Do restante das novas escolas cadastradas no Norte, 168 são do Pará, 52 de Roraima, 30 de Tocantins, 13 do Acre, 10 de Rondônia e 3 do Amapá.

As provas da primeira etapa da Obmep foram realizadas nesta última terça-feira (5) em todo o país. A região Norte conta com mais de dois milhões de estudantes participando da Obmep 2012 (2.065.278). O maior número de alunos é do Pará (941.317), seguido do Amazonas (463.835), Tocantins (197.224), Rondônia (195.374), Amapá (102.751), Acre (91.989) e Roraima (72.788).

No total, participam da olimpíada na região mais de seis mil escolas (6.219), sendo 2.344 do Pará, 2.100 do Amazonas, 688 do Tocantins, 517 de Rondônia, 236 de Roraima, 182 do Acre, 152 do Amapá. São 449 municípios: 143 do Pará, 139 do Tocantins, 62 do Amazonas, 52 de Rondônia, 22 do Acre, 16 do Amapá e 15 de Roraima.

Desempenho

Em 2011, a região Norte conquistou 154 medalhas, sendo 10 de ouro, 20 de prata e 120 de bronze. Outros 1.132 estudantes receberam menção honrosa pelo desempenho nas provas. O estado com maior número de medalhas também é o Amazonas (34 – 4 ouro/3 prata/23 bronze), seguido de Pará (26 – 2 ouro/7 prata/17 bronze), Rondônia (22 – 2 ouro/5 prata/15 prata), Roraima (20 – 2 prata/18 bronze), Tocantins (20 – 1 ouro/3 prata/16 bronze), Acre (17-1 ouro//16 bronze) e Amapá (15 bronze).

Obmep

Criada com o objetivo de estimular o estudo da matemática entre alunos e professores de todo o país, a Obmep é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e pelo Ministério da Educação (MEC), sendo realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Participam alunos de 6º ao 9º ano do ensino fundamental e estudantes do ensino médio de escolas públicas municipais, estaduais e federais, que concorrem a prêmios de acordo com a classificação nas provas. Os alunos classificados nas duas fases de provas (objetiva e discursiva) recebem medalhas de ouro, prata e bronze e ainda têm a oportunidade de participar de programas de iniciação científica e de mestrado.


 

Ascom do MCTI
Fonte Ascom do MCTI 07/06/2012 ás 19h

Compartilhe

Mais de 2 mil escolas no país participam da Obmep pela primeira vez