Lula já está na Granja do Torto para reunião ministerial

Fonte Agência Brasil. 21/01/2010 às 9h

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva já está na Granja do Torto onde ocorrerá a primeira reunião ministerial do ano. Vários ministros também já chegaram à Residência Oficial da Presidência da República. Neste encontro, Lula deixará claro à equipe que o objetivo do último ano de mandato será concluir as obras em andamento e iniciar, em março, a segunda etapa do Programa de Aceleramento do Crescimento (PAC2), como já informou no início da semana, os ministros que participam da coordenação política do governo.


Na primeira parte da reunião, que começou às 9h20, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, e o general Armando Félix, do Gabinete de Segurança Institucional, e o secretário executivo das Relações Exteriores, Antônio Patriota, fazem um relato sobre a situação e atuação das tropas brasileiras no Haiti.

Em seguida, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, fará um balanço da conjuntura econômica do país. No último momento, haverá uma explanação da ministra Dilma Rousseff sobre o PAC-2, que deve ser lançado em março.

O presidente Lula encerra a reunião com as perspectivas das ações do governo para 2010. A previsão é de que o encontro termine por volta das 14h, quando haverá uma almoço para os ministros, que seguem logo depois para a Base Aérea de Brasília, onde participam da homenagem aos soldados brasileiros mortos no terremoto do Haiti.

O ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, já havia dito, no início da semana, que o presidente faria um balanço do desempenho da economia em 2009 e das iniciativas tomadas para reduzir os efeitos da crise financeira internacional. Segundo ele, o fato de o Brasil ter superado a crise mundial não é motivo para desmobilizar as medidas econômicas necessárias para garantir a retomada do desenvolvimento e o cumprimento das ações sociais empreendidas pelo Executivo.

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 21/01/2010 ás 9h

Compartilhe

Lula já está na Granja do Torto para reunião ministerial