Justiça solta acusado de assessorar Cachoeira na exploração ilegal de jogos

Fonte Agência Brasil 13/06/2012 às 22h

Brasília – O desembargador Fernando Tourinho Neto, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF1), decidiu ontem (13) soltar José Olímpio de Queiroga Neto, preso na Operação Monte Carlo, da Polícia Federal. Conhecido como Careca, Queiroga Neto é acusado de atuar na exploração de casas de jogos no entorno do Distrito Federal, seguindo esquema chefiado por Carlinhos Cachoeira.

A defesa pediu a liberdade de Queiroga alegando que ele não iria praticar novos crimes porque a quadrilha já foi desarticulada. Os advogados argumentaram, ainda, que todas as máquinas caça-níqueis foram apreendidas e que a família de José Olimpo não tem condições financeiras para comprar novos equipamentos.

Ao conceder a liminar, o desembargador Tourinho Neto entendeu que o esquema criminoso foi desfeito com a prisão de Carlinhos Cachoeira e com o fechamento das casas de jogos de azar. “Não há mais a potencialidade, dita no decreto de prisão preventiva, que traga perturbação à ordem pública”, justificou o magistrado.

Embora já possa deixar o Presídio da Papuda, em Brasília, Queiroga Neto terá que se apresentar à Justiça mensalmente e não manter contato com outros denunciados enquanto durar o processo

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 13/06/2012 ás 22h

Compartilhe

Justiça solta acusado de assessorar Cachoeira na exploração ilegal de jogos