John Kerry critica Israel por expropriação de terra

Fonte ANSA 03/09/2014 às 20h

Netanyahu tomou posse de 400 hectares na Cisjordânia

03 Setembro, 13:49•TEL AVIV•ZGT

(ANSA) - O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, telefonou hoje (03) para o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, protestando sobre a expropriação de terra na Cisjordânia.



Segundo fontes dos Estados Unidos, citadas pela agência de notícias Haaretz, Washington se disse surpresa e com raiva de "não ter sido avisada com antecedência sobre a decisão".



Hoje, o secretário de Estado receberá uma delegação de negociadores palestinos na capital dos EUA. No encontro, poderá ser debatido o plano de paz apresentado ontem (02) pelo presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas.



O documento prevê nove meses de negociações, sendo que os primeiros 90 dias serão dedicados a discussões sobre demarcações territoriais e fronteiras. O plano também cita o congelamento dos assentamentos e a retirada israelense das Cisjordânia em um prazo de três anos.



O território tomado por Israel, através de um decreto no último domingo (07), fica entre Jerusalém e o assentamento Gush Etzion. Na região, vivem 500 mil israelenses e 2,4 milhões de palestinos. Para a ONG israelense 'Paz Agora', a medida é a maior anexação de território dos últimos 30 anos e ocupará cinco vilas palestinas. (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 03/09/2014 ás 20h

Compartilhe

John Kerry critica Israel por expropriação de terra