Irmão de traficante morto assume comando de cartel, afirma polícia mexicana

Fonte ANSA. 05/01/2010 às 9h
Héctor Beltrán Leyva se tornou líder de uma das mais importantes organizações criminosas do país após a morte de um de seus irmãos, Arturo, e da prisão de outro, Carlos

CIDADE DO MÉXICO, 4 JAN (ANSA) - A Polícia Federal do México informou que Héctor Beltrán Leyva assumiu o comando do cartel de drogas que leva o nome de sua família, um dos mais importantes do país.

De acordo com as investigações, Héctor, como já era esperado, tornou-se o líder do grupo depois da morte de um de seus irmãos, Arturo, e da prisão de outro, Carlos.

Arturo, que era conhecido como o "chefe dos chefes", morreu no dia 16 de dezembro em uma operação da Marinha. Carlos, por sua vez, foi preso no último dia 30.

Antes de assumir a chefia do cartel, Héctor, apelidado de "o H", era responsável pela área financeira e por operações de lavagem de dinheiro do grupo.

De acordo com o relatório da polícia, a nova estrutura foi aprovada pelos demais líderes da organização. Após a morte de Arturo, autoridades esperavam o início de uma "guerra" entre facções para decidir quem assumiria seu cargo.

Desde 2006, quando chegou ao poder, o presidente mexicano, Felipe Calderón, leva adiante uma estratégia de caráter militar, com a participação das Forças Armadas, para confrontar abertamente os cartéis que controlam o tráfico de drogas no país.

Neste período, estima-se que mais de 15 mil pessoas tenham perdido a vida. Os locais mais violentos estão na fronteira com os Estados Unidos, principal destino dos entorpecentes e o mercado que fornece as armas usadas pelos traficantes.
ANSA.
Fonte ANSA. 05/01/2010 ás 9h

Compartilhe

Irmão de traficante morto assume comando de cartel, afirma polícia mexicana