Indústria Automobilística Indiana Revela As Suas Novidades

Fonte Evaldo Costa 12/01/2010 às 9h

O New Delhi Auto Show abriu as portas no dia 05/01, na última terça-feira, e o público lotou os estandes das montadoras. No horário aberto ao público (das 14 às 21h), era quase impossível ver os carros em exposição, tamanho o número de pessoas que se espremiam na tentativa de fotografar os modelos de maior requinte. Entre vários, encontrava-se o estande da VW, como o modelo Phaeton, que foi lançado na última quarta-feira aqui na Índia. O carro conceito da Merdeces Benz, com as postas abrindo verticalmente; o Nano da Tata Motors, entre vários outros, atraiam atenção de grande número de visitantes.

Um outro carro muito apreciado foi um modelo 1.0 elétrico, apresentado pela Hyundai. Mas, claro que marcas consagradas como a Ferrari, por exemplo, foram as grandes vedetes do evento. O presidente da Associação dos Fabricantes de Veículos da Índia se diz muito satisfeito com a ótima performance de vendas de 2009, no mercado indiano. Para ele, o ano de 2010 será de crescimento para a indústria de seu país.

Apesar de muito otimismo, uma grande polémica foi criada por um executivo, de um grande fornecedor de componentes automotivos, que afirmou que o Nano não será um carro de sucesso, pois dificilmente atenderá mercados como o Americano e Europeu. Segundo ele, carros que não puderem ser comercializados nos grandes mercados dificilmente serão sucesso.

Porém, o público logo parece ter esquecido a polémica para acompanhar de perto cada novidade do Salão. Uma notícia muito comemorada pelos consumidores foram os depoimentos dos fabricantes, publicado no Northern Business Review (caderno Zig Wheels Et Vroom), evidenciando que juntos, eles lançarão em torno de 50 modelos no mercado indiano, neste ano. Se isso se materializar a Índia terá conseguido um recorde importante e o consumidor agradecerá.

 

Evaldo Costa
Fonte Evaldo Costa 12/01/2010 ás 9h

Compartilhe

Indústria Automobilística Indiana Revela As Suas Novidades