Grupo de 20 italianos ainda está isolado na região de Machu Picchu

Fonte Ansa Flash. 29/01/2010 às 15h

Cerca de 20 turistas italianos continuam isolados na região do complexo arqueológico de Machu Picchu, no sul do Peru, onde aguardam serem resgatados.

A informação foi confirmada à ANSA pelo chefe da chancelaria consular da Embaixada italiana em Lima, Francesco Tafuri.

Segundo ele, os trabalhos de evacuação na área, atingida por fortes chuvas nos últimos dias, "avançam muito bem" e poderiam ser concluídos ainda hoje se as condições meteorológicas permitirem.

Tafuri explicou que os resgates dos turistas europeus que estão na cidade de Águas Calientes, perto de Machu Picchu, estão sendo coordenados por funcionários espanhóis. Madri ocupa atualmente a presidência rotativa da União Europeia (UE).

Além dos 20 italianos que permanecem nas áreas que ficaram isoladas em virtude das inundações e desmoronamentos de terra causados pelas chuvas, a mesma quantidade de turistas do país já foi retirada.

Alguns foram levados para outras regiões do Peru, de onde dariam continuidade a seus programas turísticos.

As autoridades peruanas creem que, ao todo, cerca de 2.500 turistas estavam na região, sendo aproximadamente 270 brasileiros. Apenas ontem, mais de 1.400 estrangeiros foram resgatados em operações lideradas pelo Ministério peruano das Relações Exteriores e do Turismo.

O chefe do Conselho de Ministros do país, Javier Velázquez, informou que mais de 60 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas em todo o departamento de Cuzco.

O funcionário não precisou o número exato de mortos, mas a imprensa local acredita que são pelo menos cinco, entre eles uma argentina que estava acampada na região de Machu Picchu, principal destino turístico do Peru.

Ansa Flash.
Fonte Ansa Flash. 29/01/2010 ás 15h

Compartilhe

Grupo de 20 italianos ainda está isolado na região de Machu Picchu