Governo propõe carreira da ciência e tecnologia como base para docentes

Fonte Ascom - MEC 13/06/2012 às 21h
O Governo Federal propôs tomar como referência de remuneração a carreira dos servidores do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, na estruturação salarial da carreira dos professores das instituições federais de ensino superior. A proposta foi apresentada pelo secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, em reunião realizada nesta terça-feira, 12, em Brasília, com as entidades sindicais que representam a categoria.

Ficou acertada uma nova reunião para o dia 19 de junho, quando será apresentada uma proposta de carreira baseada em critérios de mérito acadêmico e valorização da dedicação ao ensino, à pesquisa e à extensão. Essa proposta visa atender as demandas colocadas pela categoria, que já recebeu um aumento de 4% retroativo ao mês de março e a incorporação das gratificações. A proposta valoriza a carreira para novos docentes e vai reconhecer a qualificação e dedicação dos professores que já estão nas instituições.

 

O secretário Sérgio Mendonça propôs ainda uma “trégua” na greve dos docentes federais de 20 dias, para que a proposta possa ser discutida com a representação sindical. Dessa forma, os estudantes poderão retomar as aulas e concluir o semestre letivo, reduzindo os prejuízos provocados pelo movimento paredista, que já dura um mês.

 

Na reunião ainda foi informado que o Ministério do Planejamento fará a liberação das vagas previstas no projeto de lei 2134, recentemente aprovado pelo Congresso Nacional, já a partir do segundo semestre de 2012. Essas novas contratações devem preencher as vagas abertas com a expansão dos câmpus e a criação dos novos cursos do Programa de Apoio a Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni).

 

O Governo Federal espera contar com o compromisso e a compreensão dos docentes em greve e assegura que dará continuidade ao processo de modernização e expansão das universidades e dos institutos federais, contribuindo, dessa forma, para o desenvolvimento social e para a inclusão de mais brasileiros no ensino superior.

Ascom - MEC
Fonte Ascom - MEC 13/06/2012 ás 21h

Compartilhe

Governo propõe carreira da ciência e tecnologia como base para docentes