Governo prevê R$ 1,7 bilhão a mais para obras de infraestrutura

Fonte Programa de Aceleração do Crescimento 29/08/2014 às 9h
O programa de investimentos em infraestrutura tem previsão de disponibilizar R$ 64,9 bilhões em 2015 para dar continuidade às obras de infraestrutura no país, informou a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, nesta quinta-feira (28).

Em 2014, o programa teve R$ 63,3 bilhões no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA). O montante a ser aplicado no ano que vem representa um aumento de R$ 1,7 bilhão. O dados foram apresentados durante a divulgação do PLOA para 2015, entregue nesta quinta-feira (28) ao Congresso Nacional.

Estão previstos R$ 64,9 bilhões do orçamento fiscal e seguridade para o ano que vem, com R$ 19,3 bilhões para o eixo Habitação Popular; R$ 17,9 bilhões para Transportes; R$ 7,9 bilhões para o eixo Cidade Melhor; R$ 4,6 bilhões para Água e Luz; R$ 197 milhões para estudos na área de Energia; e R$ 5,3 bilhões para a área de Defesa.

A expectativa é que a proposta orçamentária seja aprova em dezembro deste ano. "O programa tem um ciclo de investimentos, e vamos começar um novo", afirmou a ministra Miriam Belchior durante a apresentação da PLOA 2015.

Novidades

Uma das novidades é a destinação de recursos para a área de comunicações no programa de investimento em infraestrutura, para ampliar o acesso à internet e melhorar os serviços de telecomunicações.

Com esses novos investimentos previstos, o orçamento do Ministério das Comunicações saltará de R$ 768,8 milhões para R$ 1,3 bilhão. "Temos tanto investimentos com banda larga quanto investimentos do novo satélite e linhas, além de cabos submarinos para internet, que são importantes para a comunicação do país", disse Miriam.

Como vários projetos do programa estão em fase final, a PLOA 2015 prevê uma redução no orçamento de alguns ministérios e órgãos federais responsáveis por administrarem algumas obras, explicou a ministra. "Isso se dá pela quantidade de obras que serão concluídas até o final do ano", explicou. É o caso da Refinaria Abreu e Lima, em construção em Pernambuco e sob responsabilidade da Petrobrás.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, participou também da coletiva sobre a PLOA 2015 e adiantou um panorama de como será a economia do país no ano que vem, com todos esses investimentos previsto no PLOA 2015.

"Teremos mais dias úteis e, com isso, aumentaremos a produção. A equação será menos inflação, mais crescimento, aumento da arrecadação, mais crédito, além de um maior controle de despesas, para termos um (superávit) primário maior", observou.


Programa de Aceleração do Crescimento
Fonte Programa de Aceleração do Crescimento 29/08/2014 ás 9h

Compartilhe

Governo prevê R$ 1,7 bilhão a mais para obras de infraestrutura