Governo inicia reforma da passagem subterrânea do Hospital de Base

Fonte Agência Brasília 29/08/2014 às 19h

Obras devem durar cinco meses e pedestres devem usar alternativas para travessia

BRASÍLIA (28/8/14) – Começaram as obras para reforma e revitalização da passagem subterrânea que liga o Hospital de Base ao Banco Central. A passagem é a que recebe o maior fluxo de pedestres em toda a extensão dos eixos Sul e Norte. Segundo a Secretaria de Obras, a reforma é tratada como prioridade pelo governo local. As obras devem durar cinco meses.

 

"É a primeira, e vai servir como modelo e teste para as demais passarelas dos dois eixos (Sul e Norte), que também serão reformadas", garante o secretário de obras David Matos em entrevista à Agência Brasília.

 

No novo local, o público vai contar com quiosques de alimentação, banheiros públicos e espaço para lazer e recreação. "Vamos atender ainda a 100% das pessoas com necessidades especiais, uma vez que toda a extensão da passarela será adaptada para esse público," ressalta David Matos.

 

A iluminação vai ganhar reforço, o que influencia na segurança para os usuários no período da noite. O custo total da obra é de R$ 6,4 milhões e prevê amplo espaço de lazer com paisagismo. O projeto desenvolvido por um arquiteto de São Paulo valoriza a área verde e preserva as árvores existentes nos arredores da atual passarela.

 

CONCURSO - O projeto da obra foi escolhido em um concurso nacional promovido pelo Instituto de Arquitetos do Brasil no Distrito Federal (IAB-DF). A previsão é que em até cinco meses os serviços estejam concluídos. O local está interditado e os pedestres devem usar a passarela mais próxima, a da Galeria dos Estados.

 

As passarelas subterrâneas fazem parte do projeto piloto da capital do país e são a melhor opção para quem está no eixo L, ou W, e quer atravessar com segurança de um lado para o outro sem se arriscar a passar pelo Eixão.

 

croqui eixão

 

Agência Brasília
Fonte Agência Brasília 29/08/2014 ás 19h

Compartilhe

Governo inicia reforma da passagem subterrânea do Hospital de Base