Governo federal negociará com estados e municípios para que garantias dadas à Fifa sejam cumpridas, diz Rebelo

Fonte Agência Brasil 06/06/2012 às 21h

Rio de Janeiro – O governo federal vai negociar com os estados e municípios onde estão previstos jogos da Copa de 2014 para adequar as legislações das sedes do Mundial de 2014 à Lei Geral da Copa. Hoje (6), na capital fluminense, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse que o objetivo é compatibilizar a Lei Geral da Copa, sancionada com vetos pela presidenta Dilma, às normas existentes em cada estado.

“Repito: no acordo assinado pelo governo Lula com a Fifa [Federação Internacional de Futebol] está assegurado que o governo criará a norma nacional de acordo com o compromisso assumido e que, no caso dos estados e municípios onde houver incompatibilidade entre as normas, o governo agirá para que elas [as normas] sejam unificadas”, declarou.

Sobre os vetos da presidenta, como o da retirada do texto do artigo que destinava 10% dos ingressos em jogos da seleção brasileira à categoria 4, o de menor custo, Rebelo declarou que “os ingressos da categoria 4 são os mais baratos para a população. Os direitos da terceira idade à meia-entrada e os direitos dos estudantes estão assegurados. Mas, a partir da primeira fase, não se pode saber quais os países classificados e onde eles vão jogar. Aí fica difícil a liberação da venda dos ingressos para os jogos da seleção brasileira, uma vez que não se pode saber com antecedência com quem e onde a nossa seleção irá jogar”, disse.

O ministro do Esporte também falou sobre a situação dos estádios para os jogos da Copa das Confederações em 2013. Rebelo garantiu que todos os seis estádios selecionados estarão prontos a tempo de sediar o evento. “São doze estádios, seis ficarão prontos até o final de 2012 e início de 2013, para a Copa das Confederações. Os outros seis deverão ficar prontos no final de 2013 e início de 2014 para a Copa do Mundo”, ressaltou.

A Copa das Confederações tem jogos marcados para as cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Fortaleza e Recife.

 

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 06/06/2012 ás 21h

Compartilhe

Governo federal negociará com estados e municípios para que garantias dadas à Fifa sejam cumpridas, diz Rebelo