Geradores de energia da Rio+20 poderão usar óleo diesel com percentual maior de biocombustível

Fonte Agência Brasil 13/06/2012 às 20h

Brasília – Os geradores de energia elétrica que estão sendo usados durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, poderão usar óleo diesel com 20% de biodiesel na mistura. A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) autorizou o uso do Diesel B20 em todos os geradores que funcionarão nos principais locais do evento.

A estimativa da ANP é que sejam consumidos mais de 2 milhões de litros de B20 nos dez dias da conferência. Cerca de 1,7 milhão de litros serão consumidos no Riocentro, que, durante a Rio+20, é considerado perímetro das Nações Unidas.

Atualmente, o biodiesel vendido nos postos pelo Brasil possui 5% de biodiesel e 95% de diesel (B5). A utilização do B20 é feita pontualmente para casos específicos. O B20 já foi utilizado em geradores durante o Rock in Rio, em setembro do ano passado, e por trios elétricos em Salvador, no carnaval deste ano. A ANP também já autorizou o seu uso em frotas cativas, principalmente de ônibus urbanos.

Estudos mostram que o o uso de biodiesel de soja, em um percentual de 20% em óleo diesel fóssil, pode proporcionar uma redução média de 10% na emissão de material particulado e de monóxido de carbono, e 20% de hidrocarbonetos.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 13/06/2012 ás 20h

Compartilhe

Geradores de energia da Rio+20 poderão usar óleo diesel com percentual maior de biocombustível