Ex-primeira-dama francesa faz confissões chocantes

Fonte ANSA 03/09/2014 às 20h
Em livro, Valerie Trierweiler diz que sofre assédio de Hollande

03 Setembro, 16:35•PARIS•EBA

(ANSA) - Trechos das confissões chocantes da ex-primeira-dama francesa, Valerie Trierweiler, sobre sua relação com o presidente da França, Fraçois Hollande, presentes no livro escrito por ela, foram publicadas nesta quarta-feira (3) pela imprensa do país, um dia antes do lançamento de "Merci pour ce moment" ("Obrigada por este momento", em tradução livre).

Como não poderia faltar, o livro traz relatos de quando a ex-primeira-dama descobriu a relação extraconjugal de seu marido com a atriz Julie Gayet, motivo da separação do casal e de sua saída do Eliseu, residência presidencial.

"A notícia de Julie Gayet é a manchete dos noticiários da manhã.

Eu desmorono, não consigo ouvir, caio no banheiro. Agarro o saquinho de plástico com os calmantes... François me segue e tenta arrancar o saquinho", este é um dos trechos do livro que retrata o momento quando Trierweiler soube do caso de amor de Hollande publicado hoje pela revista Paris Match.

Trierweiler também destaca o assedio de Hollande e sua intenção de reatar a relação. "Me manda mensagens de amor. Escreve que sou toda dele, que não pode fazer nada sem mim", segundo ela o presidente francês lhe envia "até 29 sms por dia".

"Quer voltar comigo a qualquer preço. Fala que precisa de mim, toda noite me convida para jantar", conta a jornalista no livro.

Quando as mensagens se intensificaram a ex-primeira-dama conta que começou a se perguntar "será que ele acredita no que escreve? Ou sou o último desejo de um homem que não suporta perder".

Segundo a editora-chefe da Paris Match, Catherine Schwaab, que leu o livro, "entre um encontro com [Barack] Obama e outro com [Vladimir] Putin, o presidente lhe manda sms freneticamente, encontra tempo de mandar flores para o seu quarto de hotel sem que ela [Valerie] tenha lhe comunicado onde teria se hospedado".

Por sua vez, fontes próximas ao presidente François Hollande informaram que ele está "atordoado" com a publicação do livro da ex-mulher.(ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 03/09/2014 ás 20h

Compartilhe

Ex-primeira-dama francesa faz confissões chocantes