Europeus são maioria no conclave

Fonte Agência Brasil/EBC 12/03/2013 às 8h

 

Vaticano – Os perfis dos cardeais com direito a voto no conclave variam não só pela nacionalidade, mas também pela idade e experiência. Dos 115 cardeais que participarão da eleição do sucessor do papa emérito Bento XVI, 60 são da Europa, 19 da América Latina, 14 da América do Norte (Canadá e Estados Unidos), 11 da África, dez da Ásia e um da Oceania.

Apenas um cardeal com 80 anos estará presente ao conclave. É o alemão Walter Kasper, que completou 80 anos no último dia 5. Como o aniversário dele foi depois da chamada sé vacante (período sem papa), que começou em 28 de fevereiro, ele tem o direito de votar.

Dos 115 eleitores, apenas cinco têm menos de 60 anos. Treze cardeais têm de 60 a 65 anos, 34 estão na faixa dos 66 a 70, enquanto 22 estão no grupo de 71 a 75 anos. A maioria dos eleitores, ou seja, 34, tem de 76 a 80 anos.

A maior parte dos cardeais que escolherá o papa a partir de hoje foi nomeada por Bento XVI. São 67 cardeais nomeados pelo papa emérito e 48 por João Paulo II. Dos cinco brasileiros presentes ao conclave, dom Geraldo Majella Agnelo, de 79 anos, e dom Cláudio Hummes, de 78, foram nomeados por Bento XVI.

O papa João Paulo II, morto em 2005, nomeou os cardeais dom Raymundo Damasceno Assis, de 76 anos, dom João Braz de Aviz, 64 anos, e dom Odilo Scherer, de 63 anos. Dom Odilo é apontado pelos vaticanistas, especialistas em temas do Vaticano, como um dos candidatos com mais possibilidades de suceder Bento XVI. Ele evita comentar o assunto.

Agência Brasil/EBC
Fonte Agência Brasil/EBC 12/03/2013 ás 8h

Compartilhe

Europeus são maioria no conclave