Estados vão receber recursos para custear a Caderneta de Saúde do Adolescente.

Fonte Agência Brasil. 18/12/2009 às 13h

O Ministério da Saúde vai transferir para os fundos estaduais de Saúde e para o Fundo de Saúde do Distrito Federal recursos no valor de R$ 60 mil para custear a implantação, no Sistema Único de Saúde (SUS), da Caderneta de Saúde do Adolescente. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (18).

Jovens que fazem parte do programa Saúde nas Escolas vão receber a caderneta com dicas e temas de interesse dos adolescentes, como o aparecimento de espinhas, a tabela de vacinas e o uso da escova e do fio dental.

Meninos e meninas vão ter cadernetas separadas, com informações específicas para cada público. Da caderneta das meninas constam, por exemplo, informações como a tabela do ciclo menstrual, enquanto na dos meninos há explicações sobre o uso correto da camisinha.

Num projeto piloto, o ministério constatou a eficácia do uso da caderneta tanto para os profissionais de saúde que trabalham com adolescentes, quando para os pais, no sentido de ajudá-los a entender um pouco mais essa fase do crescimento.

De acordo com a coordenadora de Saúde da Criança e do Adolescente, Thereza de Lamare, o ministério vai imprimir 3,5 milhões de cadernetas para serem distribuídas a partir de março de 2010 nos postos de saúde do interior e da capitais. As secretarias estaduais e municipais que quiserem mais livretos poderão obter cópia no site do ministério (www.saude.gov.br).

 

Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 18/12/2009 ás 13h

Compartilhe

Estados vão receber recursos para custear a Caderneta de Saúde do Adolescente.